Quinta-Feira, 26 de Março de 2020 - 19:09 (Saude)

L
LIVRE

VIGILÂNCIA DIZ QUE RO NÃO POSSUI NENHUM LEITO DE UTI OCUPADO POR ALGUÉM COM COVID-19

O estado também não registrou nenhuma internação em enfermarias públicas e particulares.


Imprimir página

Por Wanglézio Braga
Da redação do News Rondônia

O Estado de Rondônia segue sem nenhum caso grave, com necessidade de UTI, por conta da infecção do novo Coronavírus (Covid-19). A informação foi repassada hoje (26) durante Coletiva do Ministério da Saúde (MS) por meio da Vigilância Sanitária em Saúde. O estado também não registrou nenhuma internação em enfermarias públicas e particulares.

No total, 205 pessoas estão internadas com a doença em diversos leitos espalhados pelo país e outras 194 estão sendo assistidas na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) em vários hospitais públicos e particulares.

“Amanhã esses dados serão atualizados. Pois divulgamos os dados de ontem. Esse mapa foi distribuído por UFs. Esses dados vão compor uma plataforma que desenvolvemos para mostrar a situação real dos hospitais e que vão ser usadas na página do Ministério”, informou o Secretário Wanderson Oliveira.

Ontem (25) a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) anunciou a morte de um idoso de 83 anos em Porto Velho. No entanto, o resultado do exame de contaminação por Covid-19 deu negativo.

SITUAÇÃO DOS ESTADOS VIZINHOS

O número de internados nos estados vizinhos – Amazonas (AM), Acre (AC) e Mato Grosso (MT) – foram divulgados pela Vigilância Sanitária. No AM são três internadas em UTI e quatro em enfermarias. Já no MT são 13 internadas, todos em enfermarias.  

No Acre, uma pessoa que testou positiva para Coronavírus está UTI. É o caso da advogada da OAB-AC, Isabela Fernandes. Ela contraiu a doença ao participar de um evento nacional da OAB Mulher em Fortaleza, no Ceará, no início do mês. O hospital em que ela está sendo assistida não divulgou um boletim médico do estado da profissional, nas redes sociais internautas seguem em orações e votos de saúde.

Fonte: News Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias