Sabado, 10 de Agosto de 2019 - 09:46 (Entretenimento)

L
LIVRE

VERSÃO PORNÔ DE LA CASA DE PAPEL GANHA ‘OSCAR’ DO SEXO

"Para chegar aqui, vi muita gente se fodendo", declarou o diretor do filme, que conquistou 6 troféus no Prêmio Sexy Hot


Imprimir página

O ator e diretor Fábio Silva, 41 anos, trabalha no ramo pornográfico há 19 anos e conquistou, na terça-feira (06/08/2019), seis troféus — incluindo de “melhor filme hétero” — na sexta edição do Prêmio Sexy Hot, considerado o Oscar da categoria.

De acordo com o Blog do Paulo Sampaio, do Universa, Silva ganhou os prêmios com uma versão adulta da série La Casa de Papel, da Netflix. Nas telinhas eróticas, a obra foi chamada de La Casa de Raquel.

“A personagem principal, interpretada por Soraya Carioca, é uma ricaça que tem a casa invadida por marginais e se vê refém deles. Ela faz tudo para se livrar dos caras, mostra os peitos, transa com os homens, com as mulheres, faz oral, anal, sem saber que o que eles querem é um pendrive com um arquivo valiosíssimo”, disse Silva, revelando a sinopse.

O evento, ocorrido na Vila Olímpia, em São Paulo, contou com a presença de cerca de 300 convidados. Quem apresentou a festa foi a atriz Natália Klein, e entre os convidados estavam Valesca Popozuda, Carol Marra, Antonia Fontenelle e Paulinho Serra.

Os concorrentes aos prêmios se divertiram com a celebração. Fábio Silva, por exemplo, brincou ao ser anunciado: “Não sou de falar muito, só queria dizer que, para chegar aqui, vi muita gente se fodendo!”.

Fonte: 015 - Metrópoles

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias