Quarta-Feira, 20 de Fevereiro de 2019 - 15:02 (Tecnologia)

L
LIVRE

USO DE TELEFONIA FIXA PARA OS ÓRGÃOS DO GOVERNO DE RONDÔNIA POR MEIO DA INFOVIA SAIRÁ SEM ONERAR O ESTADO

A rede de fibra ótica, Infovia, tem a função de interligar todos os órgãos da administração direta e indireta do poder executivo.


Imprimir página

A rede de fibra ótica, Infovia, tem a função de interligar todos os órgãos da administração direta e indireta do poder executivo.  Escolas, unidades de polícia e administrações regionais, e todos os órgãos poderão ter redução de custos nas contas de telefone fixo, com a instalação da telefonia Voip em todos os setores da administração.

O serviço está em andamento desde 2013, mas com a política de redução de gastos e enxugar a máquina pública do atual governo, a Superintendência do Estado para Resultados (EpR), em parceria com a Superintendência de Gestão dos Gastos Públicos Administrativos (Sugesp), estão trabalhando para que sejam instalados os aparelhos nas secretarias e a suspensão de algumas linhas telefônicas. De acordo com o superintendente da Sugesp, Júnior Gonçalves, algumas secretarias vão poder ter alguma linha para casos esporádicos, mas afirma que dentro dos cem dias de governo já é esperado economia devido algumas suspensão de linhas.

Os telefones Voip funcionam para ligações internas e externas. Para Marcos Paulo, chefe de núcleo que gerencia o Voip, quando um servidor for realizar uma ligação para outro setor público ele deve usar o ramal da telefonia, que sai a custo zero para o estado e quando ele for usar para ligações externas, o próprio sistema de telefonia vai direcionar a ligação para linha mais barata.

Para o superintendente da EpR, Delner Freire, esses serviços que funcionam na rede Infovia podem ter grandes alcances tecnológicos. Na Infovia não funciona somente esse serviço de telefonia, mas também podem operar videoconferências, vídeo escolas e telemedicina.  “A infovia oferece vantagens como velocidade na transmissão de dados e segurança”, fala Delner.

Só no ano de 2018 o governo teve custos de mais de R$ 2 milhões em linha telefonia fixa. A parceria entre EpR e Sugesp para atuar na troca dos aparelhos nas secretarias já começou e é esperado a troca em todas as secretarias.

Fonte: 030 - SECOM - GOV/RO

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias