Quarta-Feira, 30 de Janeiro de 2019 - 18:12 (Política)

L
LIVRE

TRANSPORTE PÚBLICO: ADA DANTAS CRITICA PRAZO DE 30 DIAS ESTIPULADO PARA PUBLICAÇÃO DE EDITAL

A audiência de conciliação entre o Consórcio SIM e a prefeitura, não obteve resultado satisfatório, permanecendo a falta dos ônibus nas ruas.


Imprimir página

A vereadora Ada Dantas Boabaid (PMN) cobrou nesta quarta-feira (30), celeridade por parte da Prefeitura Municipal de Porto Velho, na publicação do edital para que alguma empresa possa realizar o transporte público na capital. A audiência de conciliação entre o Consórcio SIM e a prefeitura, não obteve resultado satisfatório, permanecendo a falta dos ônibus nas ruas.

“O transporte é um direito social do cidadão, foi inserido no art. 6° da CF/88. Diante da inoperância da prefeitura de Porto Velho, estamos buscando a justiça para garantir a publicação do edital de licitação “urgente” para o retorno do transporte coletivo”, disse a vereadora, que se preocupa com o retorno das aulas, previsto para o próximo dia 12, quando milhares de crianças poderão ficar sem transporte para ir à escola.

Na audiência, ficou estipulado o prazo de 30 (trinta) dias para que a prefeitura resolva o problema, porém, Ada Dantas afirmou que a população que depende de ônibus não agüenta mais esperar, pois funcionários estão faltando o trabalho por falta do coletivo e por não ter condições de pagar algum outro meio de locomoção, seja ele táxi compartilhado, moto táxi ou veículo de aplicativo.

“Desde meados de abril de 2017, onde se teve a primeira crise no transporte público, estivemos cobrando da prefeitura que fizesse uma nova licitação, todas as respostas era de que já estavam sendo realizados vários estudos por parte da Secretaria Municipal de Trânsito, (SEMTRAN) para resolver a demanda, o que não foi feito! O prefeito dormiu no ponto, pois teve tempo suficiente para realizar a licitação do transporte coletivo, foram mais de quatro audiências públicas com a participação popular”, concluiu a vereadora Ada Dantas.

Fonte: 010 - Assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias