Domingo, 05 de Maio de 2019 - 19:48 (Polícia)

10
Não recomendado para menores de 10 anos

TRAGÉDIA: MENINO DE 2 ANOS CAI EM FOSSA E MORRE; PAIS FICAM DESOLADOS

O pequeno Davi foi levado imediatamente para a Unidade de Pronto Atendimento mais próxima, mas infelizmente não resistiu e veio a óbito.


Imprimir página

A cidade de Luziânia, em Goiás, está chocada com a morte de um menino que tinha apenas 2 anos de idade e faleceu após cair em uma fossa, o buraco tem cerca de 12 metros de profundidade e não estava tampado. O garotinho estava brincando na casa de uma amiga dos pais, quando caiu no local.

Por volta das 11h30 desta última sexta-feira (04), a mãe deu falta do menino e começou a procurá-lo, quando descobriu que o pior havia acontecido. O fosso estava sem a tampa porque uma nova estava sendo feita justamente para oferecer mais segurança. Para evitar que alguém caísse no buraco, foram colocadas duas cadeiras, só que a criança não entendeu o ‘sinal’ de perigo.

Assim que os bombeiros foram acionados, enviaram uma equipe até o local, só que os militares não estavam conseguindo entrar na fossa para retirar o menino por causa do cheiro forte, eles quase desmaiaram, então foi preciso ventilar muito a fossa e só assim um deles finalmente conseguiu descer até lá e retirar a criança que ainda estava viva.

O pequeno Davi foi levado imediatamente para a Unidade de Pronto Atendimento mais próxima, mas infelizmente não resistiu e veio a óbito.

O pai estava trabalhando quando recebeu a notícia de que o filho estava morto e ficou em choque, mas procurou se acalmar e disse: “Uma sobrinha minha me ligou dizendo que meu filho tinha caído em um buraco, em uma fossa. A gente entrega na mão de Deus. Deus sabe o que faz“.

O ocorrido logo se espalhou por toda cidade e as pessoas se mostraram desoladas, agora a polícia irá investigar o caso, mas já ficou claro que houve uma falha muito grande na forma como a fossa estava ‘protegida’.

Fonte: 1news

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias