Quinta-Feira, 11 de Julho de 2019 - 14:35 (Geral)

L
LIVRE

SOLDADOS DA BORRACHA REPASSAM DEMANDAS AO PRESIDENTE PARA RESGATE DE DIREITOS

'Carioca' disse ao Presidente Bolsonaro da importância que é 'o novo Governo garantir aos soldados da borracha atendimento em hospitais militares e da concessão de um abono natalino, 13º Salário


Imprimir página

Porto Velho, RONDÔNIA – Em uma nova temporada por Brasília e em busca do resgate de direitos garantidos pelo célebre Acordo de Washington, entre o Brasil e Estados Unidos, aos soldados da borracha e seringueiros da Amazônia Ocidental Brasileira, dirigente do Sindicato da categoria, conseguiram falar com o presidente Jair Bolsonaro sobre o assunto.

Apesar da forma expressa impressa no encontro já considerado histórico, ocorrido no hall da Esplanada, em Brasília, o Vice-Presidente da entidade George Telles de Menezes (O Carioca), explanou, rapidamente, ao Presidente o conteúdo da agenda pontual que trata das demandas por serem beneficiários do Acordo de Washington nos ministérios da Cultura, Trabalho e Emprego, Direitos Humanos, Cidadania e no gabinete da Presidência.

Segundo parte dos pontos já informados aos ministros, 'Carioca' disse ao Presidente Bolsonaro da importância que é 'o novo Governo garantir aos soldados da borracha atendimento em hospitais militares e da concessão de um abono natalino, 13º Salário, além do imediato reconhecimento enquanto categoria de trabalho convocada e recrutada, militarmente, durante o período da Segunda Grande Guerra Mundial (1939-45).

De acordo com o Vice-Presidente do SINDSBOR, em meio a outros compromissos pelo adiantado da hora, o Presidente Jair Bolsonaro assegurou 'todo o empenho possível junto aos ministros que já cuidam das demandas relatadas em documentos protocolizados e que os assuntos afetos aos soldados é de seu conhecimento desde quando pisou, em campanha, o solo da Amazônia'.  

Fonte: News Rondônia

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias