Sexta-Feira, 09 de Agosto de 2019 - 16:26 (Agricultura)

L
LIVRE

SOCIOEDUCANDOS PARTICIPAM DO PRIMEIRO TORNEIO DE FUTEBOL NA UNIDADE DE INTERNAÇÃO MASCULINA PROVISÓRIA

Com a iniciativa, os adolescentes puderam exercer a solidariedade, um dos valores primordiais à ressocialização.


Imprimir página

Na quarta-feira (7), a Unidade de Internação Masculina Provisória (UIMP), da Fundação Estadual de Atendimento Socioeducativo (Fease), localizada na Av.Amazonas, realizou o 1º Torneio de futebol em parceria com a igreja Universal do Reino de Deus, tendo como protagonistas os adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa.

Sabemos da importância que as atividades físicas têm à nossa saúde do corpo e, sobretudo, mental. Por isso a ideia do projeto partiu da premissa de que a prática desportiva tem como incumbência reforçar aos adolescentes o respeito que se deve ter ao próximo, bem como a disciplina fundamental à vida.

A mudança na rotina dos socioeducandos gerou um clima descontraído e competitivo, pois eles incorporaram o papel de jogadores, criando interatividade entre eles e com toda a equipe. Com a iniciativa, os adolescentes puderam exercer a solidariedade, um dos valores primordiais à ressocialização.

Para o professor de educação física, Elciney Paes, um dos organizadores do evento, responsável pela organização da tabela, do torneio e arbitro das partidas, a atividade física é uma forma de cuidar da saúde, até mesmo como prevenção de doenças, haja vista o fato de que há uma ansiedade natural nos adolescentes internados, implicando muitas vezes doenças psicossomáticas. “Este evento é uma forma, não somente de conscientização ao adolescente quanto à importância de atividades físicas à sua vida, mas principalmente como uma maneira de ressaltar valores, normas sociais e até mesmo crenças”, disse o Elciney.

“Um evento esportivo como este dá a oportunidade ao adolescente em cumprimento de medida socioeducativa, de diminuir sua ansiedade, o que contribui para o bom funcionamento da unidade”, ressaltou Jader Souza de Figueiredo, agente de segurança socioeducativo.

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias