Sexta-Feira, 24 de Maio de 2019 - 10:34 (Polícia)

10
Não recomendado para menores de 10 anos

SETE HOMENS E UM DESTINO: QUADRILHA É PRESA VENDENDO DROGA EM PORTO VELHO

Diante dos fatos foi dado voz de prisão a todos envolvidos e foram conduzidos a Central de Flagrantes para ficarem a disposição da justiça.


Imprimir página

Na manhã desta quinta-feira (23), a polícia militar recebeu uma denúncia anônima que vários homens estavam fazendo comércio de entorpecentes na Avenida Rio Madeira, Nova Esperança em frente a cerâmica JK, e que um deles fazia as entregas em uma motocicleta de cor preta.

Diante das informações repassadas pela testemunha, uma guarnição do 5º BPM se deslocou para o endereço indicado para fazer a averiguação, ao chegar ao local avistou um elemento em atitude suspeita em uma moto de cor preta, que ao ver a viatura, um suspeito identificado como Gabriel ficou parado e o suspeito Paulo saiu correndo adentrando em uma residência, feito a revista em Gabriel não foi encontrado nada.

Os policiais foram até a residência e chamaram Paulo e perguntaram por que o mesmo havia saído correndo e se ele morava naquela casa, o suspeito respondeu que não, foi pedido pra ele chamar o proprietário e Paulo disse que ele estava dormindo em um quarto do primeiro andar, os policiais perguntaram se tinha mais alguém na casa quando em seguida saiu o terceiro suspeito Daniel, os agentes seguiram para o primeiro piso, bateram na porta do quarto e quem atendeu foi o quarto e quinto suspeitos, identificado como Davi que estava com seu irmão Levi, que provavelmente são os donos do imóvel.

Durante a revista foram encontrados nove invólucros de entorpecentes aparentando ser oito de cocaína e um de maconha, seguindo a revista no imóvel tinha um quarto que estava com a porta fechada, a pm perguntou para Davi quem morava no local e ele respondeu que era seu primo Gaspar, o sexto suspeito, os policiais bateram na porta e foram recebidos pelo mesmo que estava em companhia de Lívia Helena a sétima suspeita, com esses dois foram encontrados material para embalar, uma porção de entorpecente e a quantia de R$100,00 (Cem Reais), provavelmente do comércio da droga, que os mesmo tentaram se desfazer.

Diante dos fatos foi dado voz de prisão a todos envolvidos e foram conduzidos a Central de Flagrantes para ficarem a disposição da justiça.

A moto de placa NCL-7358 foi entregue a Central de Flagrantes juntamente com os pertences de cada conduzido.

Fonte: 013 - Wanderson Caldeira/ News Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias