Sexta-Feira, 05 de Julho de 2019 - 16:24 (Meio Ambiente e Ecologia)

L
LIVRE

SERVIÇO GEOLÓGICO DO BRASIL INICIA MONITORAMENTO DA ESTIAGEM DO RIO MADEIRA

Como parte do acompanhamento da estiagem, a CPRM realiza também o monitoramento das chuvas, tanto por meio de pluviômetros instalados na região, quanto por meio de estimativas por satélite.


Imprimir página

O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) iniciou nesta sexta-feira, dia 05/07, a operação de acompanhamento da estiagem da bacia do rio Madeira. Por meio de boletins semanais, serão disponibilizados dados atualizados dos rios da região e a comparação desses níveis com o histórico de monitoramento. Além disso, serão feitas previsões de níveis para os 14 dias subsequentes. Vários setores da sociedade são beneficiados com os dados disponibilizados, dentre eles a navegação fluvial e a geração de energia hidrelétrica.

Como parte do acompanhamento da estiagem, a CPRM realiza também o monitoramento das chuvas, tanto por meio de pluviômetros instalados na região, quanto por meio de estimativas por satélite. A operação seguirá até o fim da estiagem, no momento em que rio Madeira retomar seu regime de ascensão, possivelmente no mês de outubro. A atividade incluirá o acompanhamento dos rios Madeira, Abunã, Guaporé e Mamoré, nos municípios de Pimenteiras, Costa Marques, Guajará Mirim, Porto Velho e Nova Mamoré.

De acordo com o engenheiro hidrólogo da CPRM, Marcus Suassuna Santos, o primeiro informe sobre a estiagem de 2019 do Sistema de Alerta Hidrológico da Bacia do Rio Madeira (SAH Rio Madeira) demonstra que neste momento a seca está dentro da normalidade. Ele explica que desde 2016, a equipe da CPRM vem desenvolvendo este monitoramento por meio de boletins que resumem a condição no período de vazante e realiza previsões para o comportamento hidrológico dos rios da região.

Os dados hidrológicos utilizados são provenientes da Rede Hidrometeorológica Nacional de responsabilidade da Agência Nacional de Águas (ANA), operada pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM) e demais parceiros. As previsões realizadas pelos engenheiros da CPRM são baseadas em modelos hidrológicos e estão sujeitas às incertezas inerentes aos mesmos. Os dados do Sistema de Alerta Hidrológico da Bacia do Rio Madeira (SAH Rio Madeira), podem ser acessados em: sace.cprm.gov.br/madeira/.

Fonte: 010 - assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias