Sexta-Feira, 26 de Abril de 2019 - 10:52 (Saude)

L
LIVRE

SEMUSA PROMOVE CAPACITAÇÃO EM ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR (APH)

Participaram profissionais do Samu, Corpo de Bombeiros, e Batalhão de Operações Aéreas.


Imprimir página

Cerca de 40 profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), entre técnicos de enfermagem e condutores de ambulâncias, enfermeiros e profissionais do Corpo de Bombeiros e do Batalhão de Operações aéreas, participaram do curso de Atendimento Pré Hospitalar – APH, promovido pela Secretaria Municipal de Saúde de Porto Velho (Semusa), por meio do seu Núcleo de Educação Permanante (NUGEP), em parceria com o Núcleo descentralizado de Educação Permanente em Saúde do Samu.

De acordo com a instrutora Mara Bastos, do Samu, durante o treinamento, os participantes são instruídos acerca das técnicas necessárias para lidar nas situações de urgência e emergência. “Os alunos estiveram submetidos e expostos a situações de pressão e grande stress físico, emocional, e psicológico, com o fim de prepará-los para as situações de stress real a que o profissional de APH é submetido no exercício de sua atividade profissional”, explicou.

O conteúdo programático incluiu: Atendimento Pré-Hospitalar (APH), Legislação, Bioética, Biossegurança, Avaliação da cena, segurança e tratamento, Suporte Básico de Vida –SBV, Choque elétrico e queimadura, Traumas específicos, Mobilização e transporte de vítimas.

A gerente do Samu, Mara Cavalcanti, destacou a importância das parcerias para realização do curso.

“Quero agradecer ao Major Ranconi, do BAVOP, e ao Comandante Geral da PM, Mauro Ronaldo Flores”, destacou.

O curso aconteceu no espaço do BAVOP, entre os dias 22/4 e 24/4. A técnica do NUGEP/Semusa, Angelita Flores, frisou a importância da qualificação. “O curso faz parte do comprometimento da secretaria em disponibilizar, aos seus servidores, conhecimento técnico científico que possa aumentar a qualidade da assistência aos nossos usuários do SUS.” Os profissionais da Semusa envolvidos no curso são todos do departamento de média e alta complexidade.

Fonte: Comdecom

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias