Segunda-Feira, 07 de Outubro de 2019 - 18:02 (Saude)

L
LIVRE

SECRETARIA DE SAÚDE PROMOVE AÇÕES DE PREVENÇÃO AO CÂNCER DE MAMA E COLO DE ÚTERO NA CAPITAL E NO INTERIOR

Nos próximos dias 14 e 15 vamos realizar, no Condomínio Orgulho do Madeira, exames e atendimentos médicos através da Carreta do Hospital do Câncer”, destacou.


Imprimir página

A abertura da campanha Outubro Rosa realizada pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), iniciou oficialmente na sexta-feira (04), com  uma palestra ministrada pelo oncologista clínico, Lucas Lousada Ferreira, com o objetivo de sensibilizar o maior número possível de mulheres quanto à prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama e de colo de útero.

O secretário de saúde Fernando Máximo, reforçou a importância da prevenção que começa com o auto cuidado e continua na atenção básica, onde a mulher realiza as primeiras consultas e exames. “A Sesau está intensificando as ações em parceira com as Secretarias Municipais de Saúde dos 52 municípios do Estado e na Capital. Nos próximos dias 14 e 15 vamos realizar, no Condomínio Orgulho do Madeira, exames e atendimentos médicos através da  Carreta do Hospital do Câncer”, destacou.

CACOAL

A Sesau através do Complexo Hospitalar Regional de Cacoal, em parceria com o Centro Oncológico, Daniel Comboni e a prefeitura de Cacoal estará realizando coleta do preventivo  durante o mês de outubro. O objetivo é promover um rastreio do câncer de colo de útero a fim de detectar um possível diagnóstico positivo com antecedência, possibilitando assim maior chance de sucesso no tratamento.

A coleta do preventivo estará sendo realizada todas as quartas e quintas do mês de outubro no Centro Oncológico Daniel Comboni, bastando que seja feito prévio agendamento. O estado dará suporte para providenciar todos os diagnósticos e tratamento necessário. Em caso de biópsia positiva, o paciente será encaminhado para o Hospital Regional de Cacoal para que seja iniciado o tratamento.

O diretor do Centro Oncológico, José Pereira das Neves, falou sobre a campanha. “Essa campanha só poderia acontecer se fosse com a parceria do Município e do Estado, para que os pacientes possam ser encaminhados ao tratamento necessário. O câncer de colo de útero é o terceiro que mais acomete as mulheres e o quarto em índice de mortalidade no mundo. Porém, se o câncer for detectado no início, a chance de cura é alta, em torno de 90%”.

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias