Quarta-Feira, 25 de Setembro de 2019 - 15:50 (Educação)

L
LIVRE

RONDÔNIA AVANÇA NAS ETAPAS PARA IMPLANTAÇÃO DO NOVO REFERENCIAL CURRICULAR DO ENSINO MÉDIO

A consulta pública a ser feita pela Secretaria de Educação está prevista para acontecer em outubro, com a apoio do Conselho Estadual de Educação (CEE).


Imprimir página

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) de Rondônia avança nas fases de implantação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), o referencial curricular que esta sendo construído de forma colaborativa em todo o pais e que vai nortear o ensino oferecido aos jovens em idade escolar.  De acordo com Gilceli Correia de Oliveira, coordenadora da BNCC na etapa Ensino Médio, a secretaria está empenhada no processo de definição da nova estrutura de flexibilização do currículo, que representará 1.200 horas destinadas aos itinerários formativos.

Segundo Gilceli Correa da equipe pedagógica, essa ampliação da carga horária, através dos Itinerários Formativos, garantirá aos estudantes oportunidade para cursar além dos conteúdos da BNCC, por meios de unidades curriculares novas, trilhas de aprofundamento nas áreas de conhecimento, ênfase no projeto de vida, além de escolher disciplinas eletivas, que objetivam desenvolver habilidades além daquelas oferecidas pelas disciplinas tradicionais, e que são fundamentais mas não são obrigatórios na BNCC.

A consulta pública a ser feita pela Secretaria de Educação está prevista para acontecer em outubro, com a apoio do Conselho Estadual de Educação (CEE).  Segundo a presidente do Conselho Estadual de Educação de Rondônia, professora Francisca Batista da Silva, é papel do conselho estadual de educação participar da definição das políticas públicas educacionais do Estado, para garantir o direito a educação a todos os cidadãos. “No caso da implementação da BNCC do ensino médio, o conselho tem a responsabilidade de elaborar um documento orientador para a organização curricular das escolas do ensino médio”, explicou a presidente.

Uma das peculiaridades nas discussões para construção do Novo Ensino Médio em Rondônia é a participação integrada de membros Conselho, da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e demais órgãos vinculados à Educação.

Para o secretário de Educação de Rondônia, Suamy Vivecananda, as reuniões periódicas com o Conselho são oportunas, pois quando sair o regramento e deliberações sobre a base, a equipe Seduc já estará integrada as mudanças e as discussões ficam mais aproximadas da realidade da rede pública estadual.

A equipe da Seduc esteve em Brasília participando pela segunda vez, em setembro, do Encontro da Frente de Currículo e Novo Ensino Médio, e entre os assuntos tratados estavam a implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), o Novo Ensino Médio, as escolas de tempo integral e o monitoramento dos Planos Estaduais de Educação. Também esteve em pauta a reestruturação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias