Terça-Feira, 07 de Abril de 2020 - 11:39 (Cidades)

L
LIVRE

ROLIM DE MOURA RECEBE R$ 400 MIL PARA CONSTRUÇÃO DO PRIMEIRO CRAS COFINANCIADO PELO ESTADO POR MEIO DA SEAS

Secretária Luana destacou no início deste ano, durante evento, a importância da adesão dos municípios aos programas sociais.


Imprimir página

O Governo de Rondônia repassou no dia 31 de março, por meio da Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), R$ 400 mil para construção do Centro de Referência em Assistência Social (Cras) de Rolim de Moura, que atualmente funciona em prédio cedido. O convênio para a obra foi assinado em 18 de dezembro de 2019 pela secretária municipal de Assistência Social, Carla Schock, durante a solenidade de entrega de 59 veículos pelo governo estadual para reforçar a assistência social em Rondônia.

De acordo com a secretária e primeira-dama do Estado, Luana Rocha, ao todo foram disponibilizados R$ 8 milhões do Fundo Estadual de Erradicação da Pobreza (Fecoep) para construção de 27 Cras em 25 municípios onde os prédios são alugados ou cedidos, sendo R$ 4 milhões em 2019 e R$ 4 milhões neste ano, mas apenas Rolim de Moura conseguiu cumprir os requisitos e assinar o convênio. Agora, outros quatro projetos estão em fase conclusiva, nos municípios de Cabixi, Colorado do Oeste, Parecis e Alta Floresta, os quais estão sendo analisados pela equipe técnica da Seas para aprovação do Plano de Trabalho e posterior assinatura do convênio. Como se trata de ano eleitoral, os projetos devem ser entregues até o dia 30 de abril.

Para ampliar as ações de assistência social no Estado, os 52 municípios rondonienses ainda receberão neste ano R$ 10 milhões como cofinanciamento do governo. Parte desse recurso é destinada ao Plano Estadual de Primeira Infância Crescendo Bem, que inclui os programas Criança Feliz+ e Mamãe Cheguei. O Criança Feliz+ consiste na transferência de renda temporária para famílias em situação de vulnerabilidade social que tenham crianças de 0 a 3 anos ou crianças até 6 anos com deficiência. Para isto, o município precisa primeiro aderir ao programa federal Criança Feliz. Com o Mamãe Cheguei, a Seas dará apoio às gestantes em situação de vulnerabilidade social, incentivando-as à realização do pré-natal e ao final fornecerá kit com itens de higiene e roupinhas para o recém-nascido.

Fonte: 012 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias