Quinta-Feira, 20 de Fevereiro de 2020 - 10:11 (Cidades)

L
LIVRE

REGIONAL DO DER NA ZONA DA MATA TRABALHA NA ELIMINAÇÃO DE ATOLEIROS E PONTOS CRÍTICOS NA RO-135

Um dos maiores desafios do inverno amazônico é a manutenção da trafegabilidade nas rodovias


Imprimir página

Um dos maiores desafios do inverno amazônico é a manutenção da trafegabilidade nas rodovias. O Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER) tem trabalhado neste período de chuvas muito intensas na eliminação de atoleiros, pontos críticos, instalação de bueiros e limpeza de saídas d’água.

Exemplo deste trabalho vem sendo desenvolvido pela 5ª Residência Regional do DER de Rolim de Moura. Recentemente, a equipe de campo do órgão fez o encascalhamento de 23 quilômetros de pontos críticos ao longo da RO-135 (conhecida na região como Linha 160), entre os municípios de Alta Floresta e Novo Horizonte.

RO-135 pós encascalhamento, permitindo maior trafegabilidade

De acordo com o residente regional, Ezequiel Marcos Cassol, o trabalho foi feito com o máximo de celeridade, “porque a região tem uma grande produção cafeeira e pecuária, além de toda uma população de crianças e adolescentes que precisam ter a estrada em boas condições para não afetar a frequência escolar”.

Ao todo, a 5ª Residência Regional do DER tem sob sua responsabilidade 692 quilômetros de  vias, sendo 276 quilômetros pavimentados e 416 quilômetros sem pavimentação, abrangendo os municípios de Rolim de Moura, Santa Luzia, São Felipe, Alta Floresta, Alto Alegre, Novo Horizonte e Nova Brasilândia.

Fonte: 012 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias