Terça-Feira, 16 de Julho de 2019 - 11:11 (Política)

L
LIVRE

R$75 MILHÕES – VEREADORA ADA DANTAS VOTA NÃO PARA EMPRÉSTIMO DA PREFEITURA JUNTO À CAIXA ECONÔMICA

A vereadora Ada Dantas, antes mesmo da votação, explanou sobre seus motivos por ser contrária ao empréstimo.


Imprimir página

O clima ficou pesado no início da noite desta segunda-feira (15) na Câmara Municipal de Vereadores de Porto Velho, durante a votação do Projeto de Lei nº 3.914/2019 de autoria do Poder Executivo Municipal, que autoriza o Poder Executivo a contratar operação de crédito junto à Caixa Econômica Federal (CEF), e dá outras providências. A vereadora Ada Dantas, antes mesmo da votação, explanou sobre seus motivos por ser contrária ao empréstimo. 

Conforme declarou Ada Dantas, durante reunião com a presença do prefeito Hildon Chaves (PSDB), ficou clara a insegurança de alguns vereadores de votar o referido projeto sabendo que a capital precisa de drenagem, asfalto, melhor infraestrutura e escolas, porém, não podem assinar um cheque em branco, sem saber quais ruas serão beneficiadas e quais serviços de fato serão feitos.

"Para este empréstimo, só há defesa da base aliada e do próprio prefeito, que disse ter escolhido o valor de R$75 milhões, por ser um número bonito", disse a vereadora.

Finalizando, Ada Dantas apontou algumas obras paradas, principal razão por dizer não ao empréstimo. "Sabemos que a prefeitura de Porto Velho tem várias obras paradas, obras que já eram para ter sido finalizadas, como a do Bairro Flamboyant, que era para ter sido finalizada em fevereiro e Bairro Socialista, onde as obras de pavimentação asfáltica eram para serem concluídas abril. Se o prefeito tivesse apresentado um documento assinado, onde tivesse feito o compromisso sobre as obras e prazos em que serão utilizados os R$75 milhões, se ele trouxesse esse projeto pra cá, eu teria segurança de votar esse projeto, mas não posso assinar esse cheque em branco", finalizou a vereadora, que posteriormente, votou contrária ao empréstimo.

Fonte: 015 - Assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias