Quarta-Feira, 11 de Setembro de 2019 - 16:57 (Agricultura)

L
LIVRE

PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS CONTA COM CAMINHÃO PARA O FOMENTO DA AGRICULTURA FAMILIAR EM CACOAL

O caminhão ficará à disposição da Secretaria Municipal de Agricultura de Cacoal (Semagri) para atender todos os produtores que fazem parte do Programa de Aquisição de Alimentos.


Imprimir página

Fortalecendo a parceria entre os governos federal, estadual e municipal, em prol do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), o Governo de Rondônia entregou na terça-feira (10), em Cacoal, um caminhão destinado ao Programa que tem como finalidades principais promover o acesso à alimentação e incentivar a agricultura familiar.

Em Cacoal, alimentos como banana, mandioca, milho, abóbora, limão, entre inúmeros outros são adquiridos diretamente dos pequenos produtores e repassados às diversas escolas entidades sociais de Cacoal, como o Centro de Reabilitação Neurológica – Cernic e o Abrigo Pingo de Gente

O caminhão ficará à disposição da Secretaria Municipal de Agricultura de Cacoal (Semagri) para atender todos os produtores que fazem parte do Programa de Aquisição de Alimentos.

“É desta forma que, além de oferecer um produto de qualidade e fresquinho às escolas e entidades, estamos incentivando a agricultura familiar, pois os pequenos produtores tem para quem vender a sua produção. Então fomenta toda essa cadeia produtiva, gerando renda para as famílias, bem como a arrecadação estadual e municipal, fazendo com que estes pequenos produtores contribuam para o aquecimento da economia”, explica o secretário regional de Governo em Cacoal, Celso Adame.

O caminhão entregue pelo Governo de Rondônia será utilizado para o transporte dos alimentos aos destinatários finais, as escolas e entidades. “Os pequenos produtores trazem os produtos da zona rural até o ponto de entrega que foi montado na zona urbana de Cacoal, e depois disso o caminhão será utilizado para levar estes alimentos até às instituições”, concluiu Celso Adame.

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias