Segunda-Feira, 11 de Maio de 2020 - 09:55 (Saude)

L
LIVRE

PROFISSIONAIS DA SAÚDE FAZEM PROTESTO EM FRENTE AO HOSPITAL JOÃO PAULO II

Os servidores estão protestando quanto às ações do Secretário da saúde, Fernando Máximo, e estão pedindo mais respeito aos profissionais da saúde.


Imprimir página

Logo na manhã desta segunda-feira (11) profissionais da saúde organizaram um movimento em frente ao hospital João Paulo II, para protestar quanto às ações do Secretário da Saúde, Fernando Máximo, e pediram mais respeito do mesmo quanto aos servidores que estão trabalhando nesse momento de pandemia mundial.

Até o momento da publicação dessa matéria, foram 1302 casos confirmados de Covid-19 (Coronavírus) em Rondônia, onde cerca de 38% são servidores da saúde que estão infectados com a doença, e 43 óbitos registrado no estado.

Os profissionais da saúde afirmaram no movimento que as condições de trabalho e as necessidades de EPIs foram levadas para o Secretário da Saúde, porém, essas reivindicações jamais foram atendidas, e em contrapartida, Fernando passou a acusar os servidores de estarem frequentando festas nesse momento de quarentena.

Os servidores ainda disseram que os mesmos estão usando EPIs compartilhados, ou seja, o plantão que está saindo esteriliza os equipamentos e passa para os colegas que estão assumindo o plantão, e esse fato é negado pela SESAU segundo os profissionais.

O Deputado Federal, Mauro Nazif esteve presente em frente ao Hospital para prestigiar o movimento dos servidores da saúde e apoiar as reivindicações dos profissionais nesse momento de pandemia no Brasil a fora.

NEWS TV:

Hoje a noite, Carlos Caldeira e Bruno Eduardo irão entrevistar a Presidente do Sindsaúde Célia Campos no programa Informativo News Rondônia as 21h nas seguintes redes:

INSTAGRAM DO NEWS

TWITTER NEWS

FACEBOOK NEWS

NO SITE

Fonte: News Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias