Sabado, 07 de Dezembro de 2019 - 09:54 (Internacional)

L
LIVRE

PROFESSORA É DEMITIDA APÓS HUMILHAR ALUNO ADOTADO POR PAIS GAYS

Professora é demitida após repreender em sala de aula uma criança de 11 anos adotada por dois pais gays


Imprimir página

Uma professora substituta foi demitida após dizer a um aluno da quinta série que está prestes a ser adotado por dois pais que ser gay é “um pecado”.

Em uma aula no fim de novembro na Deerfield Elementary School, em Utah, EUA, a professora não identificada havia questionado aos alunos sobre o que eles tinham a agradecer no Dia de Ação de Graças, de acordo com um dos pais do menino, o dançarino de “Dancing with the Stars” Louis van Amstel.

“Daniel disse — e eu fiquei emocionado quando ele disse isso — que estava agradecido por finalmente ter sido adotado por seus dois pais”, disse van Amstel em um vídeo nas redes sociais.

Então, a professora começou a repreendê-lo, segundo ele.

De acordo com o jornal Salt Lake Tribune, a professora respondeu ao menino de 11 anos: “Por que você ficaria feliz com isso?”, e disse: “Isso não é motivo para agradecer”. Ela também disse à turma que “homossexualidade” é errado e que “dois homens vivendo juntos é um pecado”.

O menino não quis falar nada quando ouviu isso, mas três meninas falaram, segundo van Amstel. Elas saíram da sala e foram contar para o diretor.

Van Amstel disse que os funcionários da escola ligaram para ele contando sobre o incidente e que ficou muito satisfeito com a forma como eles trataram o assunto.

“Estou muito orgulhoso da escola de Daniel”, disse ele. “Eles não só demitiram a professora, como disseram que essa mulher nunca mais vai dar aula nesta escola.”

Um porta-voz da escola confirmou “que houve uma situação envolvendo uma professora substituta”.

“A escola tomou as medidas apropriadas naquele dia com base em sua investigação”, disse o porta-voz da escola, recusando-se a comentar mais.

A Kelly Services, agência de empregos por meio da qual a professora substituta havia sido contratada, disse ao que a demitiu por causa do incidente.

“Nos preocupamos com quaisquer denúncias de conduta inadequada e levamos esses assuntos muito a sério”, disse um porta-voz. “Realizamos uma investigação e tomamos a decisão de encerrar o relacionamento da funcionária com a Kelly Services”.

Fonte: Pragmatismopolitico

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias