Segunda-Feira, 12 de Novembro de 2018 - 15:31 (Direito do Consumidor)

L
LIVRE

PROCON DE RONDÔNIA DÁ DICAS AOS CONSUMIDORES QUE PRETENDEM COMPRAR PRODUTOS NA BLACK FRIDAY

Rui Costa disse que a Black Friday nasceu nos Estados Unidos e abre a temporada de compras natalinas com descontos vantajosos para queimar estoques antigos e renovar os produtos.


Imprimir página

O coordenador estadual do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), Rui Costa, alerta aos consumidores para tomarem cuidado ao efetuarem compras na promoção Black Friday nas lojas físicas e virtuais. “Muitos consumidores ficam esperando a promoção que começa no dia 23 deste mês para adquirir alguns produtos e não se atentam ao preço praticado pelo lojista antes da promoção, às vezes a promoção é enganosa”, alerta o coordenador do Procon Rondônia.

Consumidores devem fazer monitoramento de preços antes da Black Friday

Rui Costa disse que a Black Friday nasceu nos Estados Unidos e abre a temporada de compras natalinas com descontos vantajosos para queimar estoques antigos e renovar os produtos. “No Brasil a Black Friday vem sendo realizada fora da data praticada nos Estados Unidos para todo tipo de produto, por isso, os cuidados para garantir os direitos dos consumidores devem ser redobrados”, afirmou.

Pensando nisso, o Procon Rondônia iniciou no dia 6 de novembro o monitoramento dos preços dos produtos praticados nas grandes lojas. “Assim é possível fazer um comparativo com os preços antes e durante a promoção para constatar se não é enganosa, oferecendo falsos descontos. Muitas vezes o lojista aumenta o valor do produto e dá um desconto, mas na verdade é o mesmo valor que já vinha sendo praticado fora da promoção”.

Para os consumidores que pretendem comprar produtos em lojas virtuais, Rui Costa orienta para que a pessoa monitore o site que pretende efetuar a compra, conferira o preço atual do produto, faça print e salve. Assim, no dia da liquidação é possível fazer um comparativo do valor atual e o preço com desconto. “Se o lojista tiver fazendo promoção enganosa, o consumidor deve denunciar ao Procon para que medidas sejam tomadas e o direito do consumidor seja garantido”.

O consumidor também deve tomar cuidado ao comprar em alguns sites, o Procon de São Paulo listou mais de 500 lojas virtuais que não são de confiança, que não são recomendáveis para efetuar compras. O consumidor pode pesquisar quais sites estão nesta lista, orienta o coordenador do Procon Rondônia. Rui também lembra que todos os produtos que estão na promoção tem garantia, como qualquer outro produto.

A pessoa que for comprar um produto pela internet tem que avaliar o preço que vai pagar, incluindo o valor do frete e o prazo de entrega do produto. Se receber o produto danificado, quebrado ou com defeito, o consumidor tem sete dias para trocar o produto ou cancelar a compra, neste caso o consumidor tem o direito de receber o valor integral que pagou.

Fonte: 010 - SECOM - GOV/RO

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias