Terça-Feira, 26 de Maio de 2020 - 10:35 (Coronavírus)

L
LIVRE

PRIMEIRA MORTE DE INDÍGENA COM NOVO CORONAVÍRUS É CONFIRMADA EM RONDÔNIA

A vítima teve a morte confirmada na segunda-feira pela vice-presidente do Conselho Distrital de Saúde indígena.


Imprimir página

Na segunda-feira (25) foi confirmada pela Vice-presidente do Conselho Distrital de Saúde indígena (Condisi), Elivar Karitiana, a primeira morte de indígena com Covid-19 (Novo Coronavírus).

O mesmo chegou a ser internado no dia 20 de maio, após apresentar os primeiros sintomas da doença, que foi detectada pela equipe da saúde multidisciplinar do Distrito Especial Sanitário Indígena (DSEI).

Na sequência, a liderança indígena foi levada até a Unidade de Pronto Atendimento na Zona Sul (UPA Sul) em Porto Velho, que o encaminhou ao Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron) no dia seguinte.

Em 22 de maio, Gumercindo foi diagnosticado com Covid-19 depois que fez um teste rápido. No mesmo dia, ele piorou e precisou ser levado à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Cemetron. Já no dia 24 de maio, foi encaminhado para a UTI do Hospital Samar, mas não resistiu e morreu na noite desta segunda.

Conforme o Conselho Indigenista Missionário (Cimi), outros dois indígenas estão internados em estado crítico no Cemetron. Suspeita de que a aldeia inteira esteja com Covid-19.

Na semana passada, foram confirmados os três primeiros diagnósticos entre indígenas no estado. Já no último fim de semana, os números saltaram para nove diagnósticos.

O arcebispo de Porto Velho e presidente do Cimi, Dom Roque Paloschi, chegou a mencionar que a tendência é ter mais confirmações de Covid-19 entre indígenas.

Fonte: News Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias