Quinta-Feira, 23 de Janeiro de 2020 - 11:09 (Economia)

L
LIVRE

PRÉVIA DA INFLAÇÃO TEM ALTA DE 0,71% NO PRIMEIRO MÊS DE 2020

Apesar de desaceleração, preço da carne teve a maior contribuição individual no índice de janeiro


Imprimir página

OÍndice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), considerado a prévia da inflação oficial, teve alta de 0,71% em janeiro deste ano, maior resultado para o mês desde 2016, quando o índice registrou variação de 0,92%.

Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (23/01/2020) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em dezembro do ano passado, o IPCA-15 teve variação de 1,05%, ou seja, 0,34 ponto percentual maior do que o registrado neste primeiro mês de 2020.

Ao considerar os últimos 12 meses, a prévia da inflação acumula alta de 4,34% – acima dos 3,91% registrados nos 12 meses anteriores.

Carne

Dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados, sete apresentaram alta entre dezembro e janeiro. A maior variação ficou com alimentação e bebidas, embora tenha havido desaceleração em relação ao resultado do mês anterior.

A carne, por exemplo, passou de uma alta de 17,71% no mês anterior para 4,83% em janeiro. “Ainda assim, o item foi responsável pela maior contribuição individual no índice de janeiro, com 0,15 ponto percentual”, explicou o IBGE, em nota.

Itens como as frutas (3,98%) e o frango inteiro (4,96%), por sua vez, aceleraram na comparação com dezembro. No lado das quedas, o destaque ficou com a cebola, com -5,43% de variação.

Gasolina

A segunda maior contribuição veio dos transportes, cuja variação ficou próxima à registrada em dezembro.

A gasolina, que já havia subido 1,49% em dezembro, apresentou alta de 2,64% e contribuiu com o segundo maior impacto individual no índice do mês.

Todas as regiões pesquisadas apresentaram alta nos preços do combustível, que foram desde o 0,58% em Belém (PA) até os 4,60% em Fortaleza (CE)

Fonte: 012 - metropoles

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias