Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019 - 08:08 (Polícia)

10
Não recomendado para menores de 10 anos

PRESO POR PORTE ILEGAL DE ARMA, HOMEM DIZ À PM QUE USAVA GARRUCHA COMO ‘RELÍQUIA’

Devido às circunstâncias, os policiais fizeram uso de algemas para a preservação da integridade do acusado


Imprimir página

Vilhena, RO - Um homem foi preso na manhã desta segunda-feira, 21, acusado de porte ilegal de arma de fogo em Vilhena.

O fato aconteceu no setor de conveniência do posto de gasolina Catarinense, no bairro São José. O mais interessante da história é que o acusado disse à Polícia Militar que usava a arma como “relíquia”.

Conforme o Boletim de Ocorrência (BO) registrado na Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP), após denúncia de moradores, efetivos da PM foram até o local e encontraram Thiago Andrade de Oliveira, de 30 anos, deitado ao solo no pátio do referido estabelecimento comercial.

Já no local e em procedimento de abordagem, a PM encontrou o acusado em posse de uma arma de fogo na cintura. A arma era do tipo garrucha, de dois canos, cor alumínio, cabo de madeira e com um cartucho de calibre 38.

Indagado pelos efetivos da lei, o acusado disse que possui a arma há um certo tempo, mas que a considera “somente uma relíquia”.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao agente, cientificado de seus direitos constitucionais e apresentado na UNIS, juntamente com a arma de fogo.

Conforme o BO, os policiais, devido às circunstâncias do fato, fizeram uso de algemas para a preservação da integridade do acusado, bem como a segurança da guarnição, o que resultou em lesões superficiais.

Fonte: 015 - Extra de Rondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias