Sabado, 15 de Fevereiro de 2020 - 12:00 (Política)

L
LIVRE

PRESIDENTE DO PATRIOTA, MARCOS NEVES CONFIRMA PRÉ-CANDIDATURA A PREFEITO DE PORTO VELHO

Marcos é presidente do Patriota Estadual e confirmou que vai representar o partido nas próximas eleições para Prefeito da Capital


Imprimir página

O presidente do partido Patriota (51) estadual, Marcos Neves de Araújo, confirmou a pré-candidatura a Prefeito de Porto Velho (RO) nas próximas eleições. Marcos tem 48 anos, é nascido na capital do Estado e é servidor público há 30 anos. O candidato compareceu na tarde desta sexta-feira (14) na sede do Jornal Eletrônico News Rondônia, onde o mesmo deu uma entrevista falando sobre sua candidatura e o planejamento para as eleições.

Marcos confirmou que o partido Patriota terá um representante em praticamente todos os grandes municípios do Estado.

“Hoje temos representantes a Prefeito nas maiores cidades do Estado, como Cacoal, Ji-Paraná, Guajará, Vilhena, Colorado, Cerejeiras...”

O partido Patriota foi fundado em 9 de agosto de 2011. O presidente do Partido está ligado à Assembleia de Deus, mas o Partido acolhe filiados de todos os credos. O Patriota é um partido político brasileiro. Obteve seu registro definitivo no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 19 de junho de 2012. Seu código eleitoral é o 51.

Em 2017, após enquete eletrônica, o comando nacional do partido deixou a designação de fundação Partido Ecológico Nacional (PEN), renomeação esta autorizada pelo TSE em 26 de abril de 2018. Em janeiro de 2020 possuía 310.723 filiados.

Por fim o pré-candidato, Marcos disse que o planejamento do partido esta sendo bem feito, com uma nominata superior e finalizou convidando a população do estado e município para se afiliar ao partido Patriota.

“Bom...o que a gente pede é que a pessoa tenha zelo por seu município, que tragam o patriotismo pro Estado e convido a população a vim se afiliar no Patriota, pois no partido teremos candidatos competentes para representar a população do município.

Fonte: Newsrondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias