Terça-Feira, 28 de Maio de 2019 - 17:13 (Saude)

L
LIVRE

PORTO VELHO É A PRÓXIMA CIDADE A RECEBER PROJETO DO GOVERNO DE RONDÔNIA PARA FORTALECER A ATENÇÃO BÁSICA À SAÚDE

De acordo com Fernando Máximo, a Sesau já atua com a planificação em quatro regiões de saúde do estado; Central, Vale do Guaporé, Café e Cone Sul.


Imprimir página

Uma reunião preparatória para discutir os prazos e critérios para implantação da Planificação da Atenção Primária em Porto Velho, primeiro município da região Madeira Mamoré a receber o projeto, foi realizada na segunda-feira (27) e contou com a participação do secretário de Estado da Saúde (Sesau), Fernando Máximo, da secretária Municipal de Saúde (Semusa), Eliana Pasini, e técnicos da Sesau que fazem parte do grupo condutor da planificação.

De acordo com Fernando Máximo, a Sesau já atua com a planificação em quatro regiões de saúde do estado; Central, Vale do Guaporé, Café e Cone Sul.

” A nossa expectativa, agora, é iniciar este projeto na região Madeira Mamoré. O critério é que comece pela capital. A Sesau está buscando junto ao município o início da Planificação na intenção de melhorar a qualidade da assistência da atenção básica e diminuir o fluxo de internações e descongestionar unidades de saúde mais complexas”, explica Máximo.

A previsão é para que o projeto inicie no segundo semestre. Há critérios e prazos que precisam ser cumpridos pelo município. ” Uma dificuldade que vamos sanar, em breve, é a questão de recursos humanos, mas já está em andamento a solicitação para a contratação emergencial de profissionais”, afirmou Pasini.

Na quarta-feira (29) haverá outra reunião entre técnicos da Sesau e a equipe do Hospital Israelita Albert Einstein, que conduz os processos de trabalhos das oficinas, para uma avaliação dos prazos para o início do projeto.

A Planificação da Atenção à Saúde em Rondônia

A Planificação é desenvolvida por um conjunto de oficinas, tutorias e capacitações práticas de curta duração realizadas por técnicos do estado e municípios, voltadas a 100% dos servidores e profissionais que atuam cotidianamente nas unidades de saúde.

A 1ª Oficina da Planificação em Rondônia aconteceu na região do Café em abril de 2017, em 2018 ocorreu a expansão nas Regiões de Saúde Central, Vale do Guaporé e Cone Sul.

É notório que a Planificação vem promovendo mudanças nos processos de trabalho das equipes das unidades de saúde, organizando a Atenção Primária à Saúde integrada à Atenção Ambulatorial Especializada nas Redes de Atenção à Saúde. Qualificando o padrão da assistência à saúde do estado.

Dessa forma, por meio do projeto, somando as quatro Regiões de Saúde compostas por 30 municípios que estão sendo contemplados pela Planificação desde 2017, estamos atingindo uma população de, aproximadamente, 700.000 habitantes, o que o torna mais relevante ainda quando considerarmos que no estado mais de 90% da população utiliza o SUS exclusivamente.

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias