Quinta-Feira, 07 de Março de 2019 - 17:37 (Colaboradores)

L
LIVRE

POLÍTICA & MURUPI: HIDROBIDECEFALIA PRESIDENCIAL

Com Dilma também era assim. Para Zé de Nana é a água do Alvorada.


Imprimir página

FRASE DO DIA:

“A flecha negra e incendiária do ciúme não tem volta. Mas o ácido foi por inveja. Juntos ciúme e inveja desgraçam vidas.” – Francisco Matias sobre o caso do médico Gladson Siqueira.

Não foi a primeira e certamente não será a última. É da sua lavra: “Jamais iria estuprar você, porque você não merece” e “Não saia, não, Maria do Rosário, fique aí. Fique aí, Maria do Rosário. Há poucos dias você me chamou de estuprador no Salão Verde e eu falei que eu não estuprava você porque você não merece. Fique aqui para ouvir”. Como não foi penalizado ele aumentou a dose no carnaval. E creiam não vai parar!

2-Ajuste ministerial

Antonio Carlos Bigonhaprocurador da PGR diz que é inconstitucional anexar a Funai ao Ministério da Agricultura. “A Constituição de 88 deu um passo não integracionista do indígena ao separar o interesse agrícola da política indigenista. A MP põe as duas questões sob o mesmo guarda-chuva. Onde o constituinte distinguiu, o legislador não pode estabelecer igualdade.”

Mas não é bem isso: o art 231 da Constituição não veda arranjos em órgãos como Funai, Funasa, etc. Vem não Bigonha. Inventar moda não. 

3- De novo a CNI

Em conversa com jornalistas Bolsonaro disse: “Recebi o cara da CNI há pouco e estou impressionado com o que estavam fazendo com o País”. O cara citado é Eduardo Eugênio Gouveia Vieira que jogou a caixa de ferramenta no chão e mostrou o caderno de malfeitos do presidente afastado na Operação Fantoche, Robson Andrade. O rombo supera R$400 milhões e Gouveia Vieira está interino na presidência da CNI.

4-Atenção: gravando!

Corre o boato pelos elevadores de prédios oficiais da Avenida Farquhar que gravar conversas tornou-se de novo um fato rotineiro.

Num passado tenebroso, mas nem tão distante o vazamento de parte das conversas gravadas pelo governador da época para o programa Fantástico moeu a credibilidade da ALE. Há condenações, prisões, tornozeleiras e os processos na justiça continuam. Como continuam as tentativas das velhas práticas e até pelos mesmos ratos. Os “caras de pau” insistem e não desistem.  

5-Hidrobidecefalia presidencial

Cerimônia dos Fuzileiros Navais. Bolsonaro presente e em quatro minutos o capitão deu uma de Dilma: “A missão será cumprida ao lado das pessoas de bem do nosso Brasil, daqueles que amam a pátria, daqueles que respeitam a família, daqueles que querem aproximação com países que têm ideologia semelhante à nossa, daqueles que amam a democracia. E isso, democracia e liberdade, só existe quando sua respectiva Força Armada assim o quer”.

Com Dilma também era assim. Para Zé de Nana é a água do Alvorada. “Sai do bidê para o bebedouro. Aí a pessoa que bebe e fala (*)osta”,  é hidrobidecefalia. Água suja de bidê na cabeça.

leoladeia@hotmail.com

Fonte: Leo Ladeia/NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias