Sexta-Feira, 12 de Abril de 2019 - 18:15 (Colaboradores)

L
LIVRE

POLÍTICA & MURUPI: BACULEJO NA SEDAM

A operação tem 180 policiais, 45 delegados, promotores e procuradores, auditores, membros do Ministério Público de Contas e membros da 6ª Promotoria de Justiça com 8 mandados de prisão preventiva e 45 ordens de busca e apreensão para Espigão, Ouro Preto, Ariquemes, Buritis, Candeias, Vista Alegre e Porto Velho.


Imprimir página

“Rondônia tem seu guru, mas oposto ao Olavo de Carvalho, atua nas coxias. Na moita emplacou pupilos e urde a nova jogada mover o rei Antonio para uma casa vazia”– Entreouvido numa reunião de sócios, advogados, parentes e amigo com o guru.

1-Um Rio de lágrimas

Adensamento de favelas em reservas e encostas de morros onde o terreno é arenoso, legislação permissiva, leniência e hoje o crime, compõe cenas e/ou canções sobre a Cidade Maravilhosa: “Águas de Março”, “Rio 40º”, “o Morro não tem vez”, mas vez por a tragédia se sobrepõe à anterior.

Dois prédios de milicianos feitos para alugar ruiu. O Rio buscava voltar à vida depois da chuva, mas não houve tempo. “Vai passar” canta Chico enquanto o Rio conta os mortos e espera a próxima tragédia no próximo verão. O morro teria vez, mas outra canção que me lembra o Rio diz: “Não tem solução”...

2-Bloqueio

A BR-364 foi liberada de forma pacífica hoje pela manhã com a presença de um oficial de justiça e apoio da PF E PRF.

Foram 72 horas de queda de braço num desgastante imbróglio que envolve a falta de ônibus escolares e de aulas para alunos da rede rural, mas os moradores também de forma pacífica deram um aviso: sem ônibus rodando na segunda feira e escolas funcionando, o bloqueio volta e o rolo continua. É broca!

3-Baculejo na Sedam

O DRACO, GAECO, MP-RO e TCE-RO cumprem a 2ª fase da “Operação Pau Oco”, para alicerçar provas do baculejo dado na Sedam no final do ano passado.

A operação tem 180 policiais, 45 delegados, promotores e procuradores, auditores, membros do Ministério Público de Contas e membros da 6ª Promotoria de Justiça com 8 mandados de prisão preventiva e 45 ordens de busca e apreensão para Espigão, Ouro Preto, Ariquemes, Buritis, Candeias, Vista Alegre e Porto Velho. Haja caba zoando! Éraste...

4-Mexendo na bomba

Bolsonaro resolveu fazer algo perigoso ao mexer como agente político na Petrobrás dando ordem para segurar o preço do diesel:

“Não sou economista, já falei que não entendia de economia. Estou preocupado com o transporte de cargas no Brasil, com o caminhoneiro... Onde é que refinamos, a que preço, a que custo, eu quero o custo final. Mostrar para a população também, que sempre critica o governo federal, o ICMS é altíssimo, tem que cobrar de governador, não só do presidente.” Aqui é o “X”. A idéia é boa mas, vai que ele pegue o gosto pela economia e como a Dilma, sem entender?

Que se dane a lei. Bolsonaro autorizou ministérios a repassarem verbas de emendas parlamentares a municípios e estados mesmo os inadimplentes, que não estejam em dia com o pagamento de empréstimos. A Advocacia Geral da União recomendou que se proceda o repasse e apóia a recomendação numa emenda aprovada em 2015 que torna obrigatória a execução de emendas individuais. Aliás, sobre o tema o Congresso analisa a imposição de repasse para as emendas coletivas, indicadas por bancadas estaduais. Vou repetir: a idéia é o boa. O perigo é ele pegar gosto pela coisa errada.  

leoladeia@hotmail.com

Fonte: Leo Ladeia/NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias