Sexta-Feira, 29 de Novembro de 2019 - 18:11 (Tecnologia)

L
LIVRE

POLITEC LANÇARÁ PROTOCOLO DE FEMINICÍDIO DURANTE A PROGRAMAÇÃO DA SEMANA DA PERÍCIA OFICIAL CRIMINAL

O encerramento da Semana da Perícia ocorrerá na sexta-feira (6), com a divulgação do Concurso de Frases, realizado em parceria com uma rádio local.


Imprimir página

Em comemoração ao Dia do Perito Criminal, celebrado no dia 4 de dezembro, a Superintendência da Polícia Técnico-Científica de Rondônia (Politec) promove junto ao Sindicato dos Peritos Criminalísticos, uma semana de atividades em Porto Velho, com destaque para o lançamento do Protocolo de Feminicídio da Perícia Oficial criminal.

O dia 4 de dezembro homenageia os peritos oficiais que executam a perícia criminal, atividade técnico-científica prevista no Código de Processo Penal, de suma importância para a investigação criminal e para a justiça. A Semana da Perícia Oficial Criminal começa neste domingo (1) com a Caminhada da “Ciência a favor da Justiça”, com concentração no espaço alternativo às 16h.

A programação continua na terça-feira (3), com uma palestra motivacional para os peritos. E, na quarta-feira (4), no auditório da Funapec (Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia), com o lançamento do Protocolo de Feminicídio da Perícia Oficial Criminal e a premiação do 1° Concurso de Redação “Perícia Criminal”, que reconhecerá o aluno com a melhor redação de cada escola participante.

O encerramento da Semana da Perícia ocorrerá na sexta-feira (6), com a divulgação do Concurso de Frases, realizado em parceria com uma rádio local.

“A Semana em alusão ao dia do perito criminal serve para divulgar e conscientizar a sociedade sobre a importância do trabalho pericial, e a imparcialidade inerente à nossa atividade, que contribuímos para a resolução de crimes”, observou a diretora adjunta, Ana Júlia Frazão Paiva.

O perito oficial criminal é responsável pelo levantamento, análise e interpretação de vestígios nos locais de crime, como manchas de sangue, sêmen, saliva, marcas de pegadas e pneus, impressões digitais, armas e instrumentos utilizados, bem como exames laboratoriais, reconstituição de crimes, exames no corpo da vítima, entre outros.

Fonte: secom

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias