Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020 - 20:14 (Polícia)

16
Não recomendado para menores de 16 anos

POLICIAL MILITAR MORRE NA UPA APÓS ENGOLIR ENTORPECENTE NA ZONA SUL

O corpo de Othon foi removido para o Instituto Médico Legal (IML).


Imprimir página

O policial militar Othon Lopes de Souza, 42 anos, morreu no final da manhã desta quarta-feira (19), em virtude de ter engolido entorpecente após um desentendimento entre familiares em uma residência localizada na Avenida Jatuarana, bairro Cohab Floresta, zona sul de Porto Velho.

De acordo com boletim de ocorrência, minutos antes uma guarnição da Polícia Militar havia comparecido no local para atender uma ocorrência de danos, onde o autor seria o policial, porém, foi feito todos os trâmites de um termo circunstanciado e foram embora.

Depois de alguns minutos os policiais novamente foram designados a comparecer na residência do policial, foi quando chegaram e avistaram os familiares pedindo por socorros, pois a vítima estava tendo convulsões e logo os militares colocaram a vítima dentro da viatura e o levaram para a UPA onde recebeu os primeiros socorros, no entanto a vítima veio a óbito sendo constatado pelo médico de plantão. No laudo consta  morte por "intoxicação não especificada".

A esposa da vítima disse que estava mascando algo e que possivelmente pudesse ser entorpecente o que pode ter causado sua morte. A vítima já teria dito para um policial que estava com vontade de morrer e que foi feito um pedido para uma equipe da Polícia para fazer o acompanhamento do policial, pois estava com problemas psicológicos. O corpo de Othon foi removido para o Instituto Médico Legal (IML).

Fonte: News Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias