Sexta-Feira, 07 de Junho de 2019 - 15:08 (Polícia)

16
Não recomendado para menores de 16 anos

POLÍCIA CIVIL PRENDE SUSPEITO DE MATAR HOMEM NO BAIRRO NOVA ESPERANÇA

A vítima identificado como Marcelo Rodrigues da Silva (30), morava no condomínio Porto Belo IV, e segundo a mãe do mesmo, de onde ele saiu ontem por volta das 17:00hs e foi para sua casa e logo após saiu pra rua e não retornou mais.


Imprimir página

Na manhã de hoje (07), a Polícia Civil foi acionada via CIOP para atender uma ocorrência de uma possível vítima de agressão, e ao chegar  uma ambulância do SAMU já se encontrava no local e em contato com o médico foi constatado o óbito da mesma, que conforme perícia técnica o meio empregado para a prática do crime foi provavelmente um pedaço de madeira.

Segundo testemunhas, o crime aconteceu ontem (06), por volta das 23:00hs onde o suspeito entrou em vias de fato com a vítima.

A vítima identificado como Marcelo Rodrigues da Silva (30), morava no condomínio Porto Belo IV, e segundo a mãe do mesmo, de onde ele saiu ontem por volta das 17:00hs e foi para sua casa e logo após saiu pra rua e não retornou mais.

Em contato com o irmão da vítima, que informou que ambos estavam ingerindo bebida alcoólica e deixou a vítima sozinho pra ir levar a namorada em casa, por volta das 04:00hs e ao retornar seu irmão não estava mais no local.

Segundo as investigações o suspeito foi identificado como F. Ralfe d. C. que apontam que os dois já haviam se desentendido algumas vezes, e que Marcelo na noite anterior havia acertado com uma ripa, e o acusado sabia que a vítima toda vez que chegava alcoolizado na casa de sua mãe que mora na Rua Rio Mamoré, não entrava pra não perturbar e dormia na calçada mesmo em frente a casa, e ao encontrá-lo nesta madrugada não pensou duas vezes e desferiu vários golpes com um pedaço de madeira na cabeça do mesmo e se evadiu.

Por volta das 12:00hs de hoje, a polícia em patrulhamento pela área localizou o autor do crime e deu voz de prisão ao mesmo, que foi conduzido a Delegacia de Homicídios, onde disse que não sabia que a vítima havia morrido.

Fonte: 013 - Wanderson Caldeira/ News Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias