Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019 - 15:17 (Política)

L
LIVRE

PM E SESDEC AFIRMAM A ANDERSON PEREIRA QUE ATUAM APENAS EM AÇÕES TÍPICAS CRIMINAIS ENVOLVENDO CONSUMIDOR E ENERGISA

A informação esclarece denúncias de que a polícia não acompanhava as ações quando solicitada


Imprimir página

O Comando da Polícia Militar e Secretaria de Estado Segurança Defesa e Cidadania (SESDEC), informaram, por meio de oficio, ao deputado Anderson Pereira (Pros), presidente da Comissão de Segurança Pública da ALE-RO, que as medidas solicitadas pelo parlamentar em acompanhar ações abusivas por parte de equipes de colaboradores da Energisa/Ceron estão sendo devidamente cumpridas. As guarnições policiais acompanham in loco a partir do momento em que houver algum indicio criminal praticado pelas partes envolvidas.

Durante o atendimento, cabe a guarnição acionada verificar a existência ou não de fato típico, caso ocorra, adotar as medidas cabíveis que a lei determina como registro de boletim de ocorrência (BO), até condução em flagrante a Central de Polícia. O comando da PM alerta que a instituição não pode ser acionada como instrumento de persuasão ou coação por parte dos envolvidos, pois na maioria das vezes trata-se de relação consumidor/fornecedor não sendo de competência a atuação policial.

Para o parlamentar a medida solicitada serve para dar segurança as duas partes, pois o descontentamento por parte da população em seu total com o serviço prestado pela Energisa é muito grande, sendo que em muitos casos um simples atendimento já resultou em ocorrência policial.

Segundo o parlamentar, a informação esclarece denúncias de que a polícia não acompanhava as ações quando solicitada. Anderson Pereira vem acompanhando inúmeras denúncias envolvendo a prestadora de serviço no Estado e, até participou de uma audiência pública na Câmara Federal em Brasília, de autoria do deputado federal Lúcio Mosquini (MDB), onde na ocasião cobrou atitude por parte da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), para conter atitudes da Energisa, que nos últimos meses vem contrariando o direito do consumidor.

O deputado aproveitou para agradecer a atenção do Comando da PM e da SESDEC em atender a população no que tange o cumprimento das leis estaduais e federais.

Fonte: Decom/ALE

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias