Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019 - 14:16 (Política)

L
LIVRE

PM E SESDEC AFIRMAM A ANDERSON PEREIRA QUE ATUAM APENAS EM AÇÕES TÍPICAS CRIMINAIS ENVOLVENDO CONSUMIDOR E ENERGISA

Segundo o parlamentar a informação esclarece denúncias de que a polícia não acompanhava as ações quando solicitada.


Imprimir página

O Comando da Polícia Militar e Secretaria de Estado Segurança Defesa e Cidadania (SESDEC), informou por meio de oficio ao deputado Anderson Pereira (Pros), presidente da Comissão de Segurança Publica da ALE-RO, que as medidas solicitadas pelo parlamentar em acompanhar ações abusivas por parte de equipes de colaboradores da Energisa/Ceron estão sendo devidamente cumpridas. As guarnições policiais acompanham in loco a partir do momento que houver algum indicio criminal praticado pelas partes envolvidas.

Durante o atendimento cabe a guarnição acionada verificar a existência ou não de fato típico, caso ocorra, adotar as medidas cabíveis que a lei determina como partindo de abertura de boletim de ocorrência (BO), até condução em flagrante a Central de Polícia. O comando da PM alerta que instituição não pode ser acionada como instrumento de persuasão ou coação por parte dos envolvidos, pois na maioria das vezes trata-se de relação consumidor/fornecedor não sendo de competência a atuação policial.

Para o parlamentar a medida solicitada serve para dar segurança a ambas as partes, consumidor e trabalhadores da fornecedora, pois o descontentamento por parte da população em seu total com o serviço prestado pela Energisa é muito grande, sendo que em muitos casos um simples atendimento já resultou em ocorrência policial.

Segundo o parlamentar a informação esclarece denúncias de que a polícia não acompanhava as ações quando solicitada.

Anderson Pereira vem acompanhando inúmeras denúncias envolvendo a prestadora de serviço no Estado e na última participou de uma audiência pública na Câmara Federal em Brasília, de autoria do deputado federal Lúcio Mosquini (MDB), e na ocasião cobrou atitude por parte da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), para conter atitudes da Energisa, que nos últimos meses vem contrariando o consumidor.

O deputado aproveitou para agradecer a atenção do Comando da PM e da SESDEC em atender a população no que tange o cumprimento das leis estaduais, federais.

Fonte: Assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias