Terça-Feira, 15 de Outubro de 2019 - 08:59 (Polícia)

16
Não recomendado para menores de 16 anos

PESCADOR MATA O PRÓPRIO PAI E CUNHADO VINGA ASSASSINATO DO SOGRO

O agricultor Antônio José tentou evitar que o filho, Marcelo, saísse com a arma e acabou sendo morto


Imprimir página

O pescador Marcelo Marques da Silva, de 20 anos, e o pai dele, o agricultor Antônio José Marques da Silva, 45, foram assassinados durante uma briga de família ocorrida no último sábado (12), depois que o filho [Marcelo] matou o pai [Antônio] com um tiro de espingarda e, em seguida, acabou sendo morto com um tiro nas costas pelo cunhado, o caseiro Maurício José da Silva, 32, que, em depoimento, alegou ter cometido o crime para vingar a morte do sogro.

Segundo policiais militares da 4ª CIPM/LÁBREA, o duplo homicídio aconteceu por volta das 23h30, na comunidade ribeirinha Alto Verde, município de Lábrea (701 Km de Manaus).

Na ocasião do crime, ainda conforme a polícia, antes de ser morto, Marcelo teria disparado um tiro de espingarda na virilha esquerda do próprio pai, atingindo a veia femoral e provocando a morte instantânea do agricultor, após este ter tentado impedir que o filho saísse armado para matar um homem com quem havia discutido em uma festa próximo à residência onde moravam.

Maurício, então, teria travado uma luta corporal com Marcelo, desarmando e assassinando o pescador com um tiro nas costas depois de vê-lo atirando e matando o pai, Antônio.

Após o fato, o caseiro foi conduzido e apresentado na 6ª Delegacia Interativa de Polícia Civil de Lábrea, sem hematomas e sem escoriações, para procedimentos cabíveis. Já os corpos de Marcelo e Antônio foram removidos do local.

Fonte: Francisco Rodrigo/Newsrondonia - Manaus Alerta

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias