Sexta-Feira, 13 de Setembro de 2019 - 11:55 (Polícia)

10
Não recomendado para menores de 10 anos

PAI QUE FUGIU COM A FILHA DE ESPIGÃO D´OESTE É PRESO EM CORUMBÁ PELA POLÍCIA

A mãe da menina, denunciou o caso e desde então, ele era procurado pela Polícia.


Imprimir página

Ação conjunta do Serviço de Inteligência da Polícia Civil de Presidente Prudente/SP, Agência de Inteligência da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul e equipe da Força Tática da PM de Corumbá, prendeu no final da manhã desta quinta-feira, 12 de setembro, no bairro Maria Leite, Willians Venâncio Dolens de 39 anos. Ele é acusado de ter levado a filha de um ano, sem a permissão da mãe.

Willians teve o mandado de prisão preventiva da 1ª Vara Genérica de Espigão D'Oeste/Rondônia, expedido no dia 23 de abril deste ano, quando fugiu com a filha ainda de colo. A mãe da menina, denunciou o caso e desde então, ele era procurado pela Polícia.

Na casa alugada onde Willians foi preso, estava com a mãe dele, de 67 anos, e a criança. Ela também foi detida e encaminhada, junto com o filho, à 1ª Delegacia de Polícia Civil de Corumbá. Segundo informações, Willians e a mãe, estavam na cidade com a criança há cerca de duas semanas.

Uma equipe do Conselho Tutelar foi acionada para encaminhar a menina, que conforme o boletim de ocorrência 3397/2019, ao Abrigo Municipal, ficando aos cuidados da conselheira responsável pelo caso.

O caso

A mãe da criança, identificada como Elza Carolyne Albuquerque, em entrevista ao Fronteira Notícias 2ª Edição, afiliada da Rede Globo, informou que morava com o marido e a filha em uma fazenda em Espigão D'Oeste/RO. Ela relatou que no domingo, após a Páscoa, chamou o marido e disse que queria se separar, pois ele era muito agressivo e já havia sofrido violência física.


Willians alugou uma casa em Corumbá e estava na cidade há cerca de duas semanas

Ele se negou a se separar e no dia 23 de abril, fugiu com a filha, que na época estava com oito meses de idade, sem deixar nenhuma pista. Por conta da situação, a mãe deixou a fazenda e caminhou cerca de 21 km até conseguir pegar uma carona e chegar na delegacia daquela cidade, onde denunciou o caso.

Um juiz concedeu a guarda da criança para Elza Carolyne e também uma medida protetiva contra Willians, que teve o mandado de prisão expedido pela Justiça. Ele passou a ser procurado por todo o território nacional e acabou preso nesta quinta-feira em Corumbá.

Fonte: diarionline

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias