Sexta-Feira, 10 de Maio de 2019 - 14:33 (Saude)

10
Não recomendado para menores de 10 anos

PACIENTE PASSA POR CIRURGIA ERRADA NO PARÁ APÓS CONFUSÃO DE MÉDICO

Segundo os familiares, o médico responsável pela cirurgia falou abertamente para eles naquele dia que houve um engano durante o procedimento porque o prontuário de Oneide estava misturado com os outros quatro da cirurgia de vesícula.


Imprimir página

A família da paciente Oneide Almeida Costa, de 42 anos, denuncia um caso de imprudência de uma equipe médica do Hospital Municipal de Vigia, localizado no nordeste paraense. Segundo a cunhada da denunciante, Glenda Teixeira, a paciente deu entrada no hospital na última segunda-feira (6) para ser submetida a uma cirurgia de hérnia umbilical, mas não foi o que aconteceu.

"Naquele mesmo dia, foram ela e outros quatro pacientes que seriam operados, sendo que eles foram de vesícula e apenas ela [Oneide] foi de hérnia umbilical. Ela era a segunda na ordem de encaminhamento e sempre lembrava que a cirurgia dela era de hérnia umbilical", explicou Glenda.

Segundo os familiares, o médico responsável pela cirurgia falou abertamente para eles naquele dia que houve um engano durante o procedimento porque o prontuário de Oneide estava misturado com os outros quatro da cirurgia de vesícula.

Oneide agora precisa suportar os três pontos da hérnia umbilical, além dos sete pontos da cirurgia da vesícula. "As dores da hérnia ela suporta, mas a outra é o tamanho de uma palma da mão, é a que mais incomoda", disse Glenda, que afirmou também que a polícia foi acionada para os procedimentos legais.

Fonte: 013 - DOL

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias