Segunda-Feira, 22 de Abril de 2019 - 08:40 (Saude)

L
LIVRE

PACIENTE DE RONDÔNIA FAZ TRANSPLANTE ÓSSEO EM UBERABA

O tecido ósseo veio do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), no Rio de Janeiro (RJ). Religioso, José Odair espera voltar para casa caminhando sem dificuldades.


Imprimir página

O Mário Palmério Hospital Universitário (MPHU) realizou, na última semana, o segundo transplante ósseo de Uberaba. O paciente, José Odair da Silva, de 51 anos, veio do estado de Rondônia para o procedimento. A operação, considerada uma das mais complexas dentro da Ortopedia, foi conduzida pelos médicos: Adriano Jander, Rodrigo Tavares Cardozo e Diminson dos Santos Braz. O paciente se recupera na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e deve receber alta nos próximos dias.

José Odair fraturou a perna esquerda há 15 anos num acidente de trabalho. Desde então, passou a usar uma prótese. Nos últimos dois anos e meio, com o desgaste dela, começou a sentir fortes dores. “Eu sentia umas agulhadas. Quando apoiava o peso em cima da perna ‘ruim’, dava uma ferroada e eu precisava usar as muletas”, descreveu o paciente, que precisou recorrer à Justiça para conseguir, por meio de liminar, prioridade na fila de espera.

O tecido ósseo veio do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), no Rio de Janeiro (RJ). Religioso, José Odair espera voltar para casa caminhando sem dificuldades. “Minha expectativa era vir aqui de muleta e voltar normal como eu sempre fui. Eu creio que Deus pondo a mão, e depois os médicos, vai dar tudo certo”, disse antes de entrar para o bloco cirúrgico.

Transplante ósseo no MPHU

Desde o início do ano, o Mário Palmério Hospital Universitário está credenciado perante o Ministério da Saúde para realizar o procedimento. A primeira cirurgia de transplante ósseo autorizada em Uberaba aconteceu no dia 22 de fevereiro. Além do transplante ósseo, o MPHU realiza, desde 2015, transplante renal e também faz a captação de córneas, fígado e rins na região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba.

Fonte: jmonline

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias