Segunda-Feira, 18 de Maio de 2020 - 10:11 (Cidades)

L
LIVRE

OBRAS AVANÇAM EM VILHENA: ASFALTO, DRENAGEM E ESCOLA EM CONSTRUÇÃO CONTINUAM MESMO NO FIM DE SEMANA

Prefeito Eduardo Japonês revelou cronograma de obras em andamento e vistoriou andamento dos trabalhos


Imprimir página

Os asfaltos com drenagem da avenida 1° de Maio, do bairro Cristo Rei, da Linha 135 e a construção da creche no bairro Moisés de Freitas darão mais qualidade de vida e segurança para muitos moradores ainda neste ano. O prefeito Eduardo Japonês esteve nos canteiros de obras para verificar o andamento dos trabalhos e entender de perto o cronograma, bem como os desafios, que envolvem a conclusão dessas quatro principais obras de infraestrutura do município.

AV. 1° DE MAIO -  As visitas começaram pela avenida 1° de Maio junto do secretário municipal de Obras, Kalu Schramm, e do assessor da Secretaria Municipal de Obras, Marcelo Boca. Na avenida as máquinas trabalham intensamente já há uma semana no rebaixamento da rede de água, na terraplanagem e preparação do solo para receber as camadas asfálticas tão sonhadas pelos moradores do local.

"Ano passado concluímos o trecho que vai da rua Domingos Linhares até a avenida Marques Henrique. Agora, passadas as chuvas, estamos focando em terminar o trecho entre as ruas Quintino Cunha e Jamari até agosto deste ano. Pedimos compreensão dos moradores, pois obras como essa causam incômodos, por alguns meses. Mas, depois, a qualidade de vida, a trafegabilidade, a segurança e a diminuição da poeira e lama ficam como benfeitorias importantes", explica o prefeito.

O trecho atualmente em obras compreende mil metros da avenida, que tem moradores há cerca de 40 anos. Serão instaladas calçadas, sarjeta, meio-fio, equipamentos de acessibilidade, bocas de lobo e sinalização, além do asfalto. A previsão de conclusão

CRISTO REI - No bairro Cristo Rei há várias frentes de serviço interligadas. Atualmente as obras de drenagem estão na rua 1504 e a terraplanagem já começou na rua 743. A obra começou em agosto de 2019 e engloba os trechos: Rua Cláudio Rosella (500 metros), Rua Francisca M. da Paz (618 m), Rua José Carlos Alves (618 m), Rua 1518 (618 m), Rua Armindo P. de Macedo (618 m), Rua Samambaia (380 m), Rua 1519 (40 m), Travessa 1512 (110 m) e Rua 743 (1,7 km).

No total são aproximadamente 5,2 km de drenagem, asfalto, calçadas, sinalização e obras de acessibilidade. "Em conversa com o setor de engenharia e com os trabalhadores na linha de frente da obra, percebemos que os serviços estão andando rapidamente. Tudo deve ser concluído ainda neste ano e estaremos atentos às necessidades dos moradores.

LINHA 135 - Parte do mesmo pacote de obras do Cristo Rei, a imensa galeria pluvial dupla que está sendo instalada na Linha 135 (Avenida Perimetral), próximo ao bairro residencial União, impressiona a todos.

"O grande volume de água que virá de vários bairros passará por aqui e, com essa obra, que em breve estará escondida dos olhos de todos pela terra, estamos evitando o surgimento de erosões imensas. O planejamento de longo prazo é vital para que as obras de infraestrutura não gerem mais problemas do que soluções", revela o prefeito Eduardo.

CRECHE NO MOISÉS DE FREITAS - Em fase de acabamento, a grande e moderna creche que vai atender o bairro Moisés de Freitas e Cristo Rei recebeu a visita do prefeito e do secretário municipal de Educação, Willian Braga. A nova unidade possui mais de 1.500 metros quadrados e terá dez salas de atividades, refeitório, cozinha, sanitários acessíveis, bloco administrativo, solário, entre outros ambientes.

O prédio está localizado na avenida Melvin Jones, quadra 29, lote 3, e atenderá mais de 300 crianças de 0 a 5 anos em dois períodos (manhã e tarde). Orçado em mais de R$ 2 milhões, a construção é custeada com recursos do Ministério da Educação (MEC) através de convênio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) com contrapartida da Prefeitura.

"Apesar de estarmos em fase final nesta obra, o fluxo dos recursos federais é que vai determinar a data de entrega, já que passamos por um momento atípico e todos os investimentos no país estão mais lentos. Contudo, acompanhamos de perto e, até o momento, está correndo tudo bem. Será nossa 30ª unidade de ensino em Vilhena, beneficiando vários bairros", finaliza Japonês.

Fonte: secom/vilhena

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias