Quinta-Feira, 25 de Julho de 2019 - 09:34 (Nacional)

L
LIVRE

O BASTA: EX-MARIDO DE NAJILA TRINDADE AFIRMA ‘NÃO HOUVE ESTUPRO’

“Quero dar um basta na história”, disse Estiven Alves


Imprimir página

Em entrevista à revista IstoÉ, o ex-marido da modelo Najila Trindade Mendes de Souza afirmou que ela não foi estuprada por Neymar Jr. Estivens Alves fez revelações sobre o caso que dominou o país depois que a jovem afirmou, no começo de junho, que o atleta a violentou sexualmente em Paris.

Ele contou que foi a primeira pessoa com quem Najila conversou após manter relações sexuais com o craque. Estivens disse que no dia 16 de maio recebeu uma ligação da ex contando sobre o encontro com Neymar no dia anterior e reclamando, entre lágrimas, do pouco caso e da grosseria dele.

Porém, afirma ele, em momento algum a jovem fez qualquer menção ao fato de ter sido violentada. “Não houve estupro”, concluiu à publicação. De acordo com Alves, Najila relatou que “ambos haviam ficado juntos na noite anterior e que ele [Neymar] tinha sido um ‘escroto’, um ‘imbecil’, um ‘monstro que me agrediu, que me bateu’”.

As declarações do ex-modelo ajudarão nas investigações, principalmente por ele ser a única pessoa que garante ter visto todo o vídeo de sete minutos gravado por Najila na noite seguinte ao primeiro encontro dela com o jogador brasileiro. Somente um minuto e quinze segundos dessa gravação foram divulgadas até agora.

No vídeo que já está nas mãos do público, a modelo aparece batendo no jogador. Na parte ainda não mostrada, Najila diz que haveria elementos que comprovariam que o Neymar a agrediu no dia anterior. Porém, Estivens afirma que as cenas mostram o brasileiro tentando acalmar a modelo.

“Ele repete: ‘Calma, calma, calma’. ‘Relaxa, relaxa, relaxa’. Depois, a coloca sentada na cama e ambos conversam. “Eu não te falei que não conseguiria ficar com você. Lembra que eu te falei para trazer uma amiga? Era para você não se sentir sozinha. Eu tenho meus compromissos. Tenho que treinar, tenho meu médico, meus tratamentos e minhas campanhas”. Ela fala: “Me perdoa? Eu te machuquei? Eu não queria ter te machucado. Eu estraguei tudo”.

Najila e Estivens foram casados por sete anos. Questionado pela revista quais os motivos que o levaram a revelar tudo agora, Alves afirmou: “Quero dar um basta na história”. E faz um pedido para o jogador. “Gostaria que Neymar se retratasse com meu filho”.

Entenda

Segundo o relato da vítima, o fato aconteceu no dia 15 de maio, mas só foi registrado em 31 de maio, na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) em Santo Amaro, em São Paulo. A modelo disse à polícia que estava emocionalmente abalada e teve medo de registrar o caso na França.

A mulher contou que conheceu Neymar pelo Instagram e os dois começaram a trocar mensagens. No dia 12 de maio, um assessor do jogador, identificado como “Gallo”, entrou em contato para fornecer passagens para o embarque no dia 14 de maio.

Ela chegou a Paris no dia seguinte e ficou hospedada no hotel de luxo, ao qual o jogador teria chegado por volta das 20h, com sinais de embriaguez. De acordo com o relato, houve troca de carícias, mas Neymar tornou-se agressivo e usou a força para fazer sexo com ela. No dia 17 de maio, a vítima retornou ao Brasil.

Fonte: 015 - Metrópoles

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias