Terça-Feira, 18 de Junho de 2019 - 15:54 (Geral)

L
LIVRE

NOTA PÚBLICA DE PESAR DA AMERON PELO FALECIMENTO DO ARCEBISPO EMÉRITO DE PORTO VELHO DOM MOACYR GRECHI

Independente de crenças e denominações religiosas é inegável o legado deixado pelo arcebispo emérito de Porto Velho.


Imprimir página

A Associação dos Magistrados de Rondônia - Ameron, diante do falecimento do arcebispo emérito de Porto Velho, Dom Moacyr Grechi, vem a público manifestar profundo pesar, face à irreparável perda.

Dom Moacyr ingressou no Seminário da Ordem dos Servos de Maria, em 1946, no interior de Santa Catarina. Foi escolhido para ser bispo da diocese de Rio Branco-AC, pelo papa Paulo VI. Em 1998 foi nomeado arcebispo de Porto Velho-RO até se aposentar em 2012.

O bispo teve uma importante atuação na defesa dos indígenas, seringueiros e trabalhadores rurais da Amazônia; contribuiu para a criação da Comissão Indigenista Missionário e a Comissão Pastoral da Terra; e por fim, na condição de arcebispo de Porto Velho, foi fundamental para a implantação da Faculdade Católica de Rondônia, da Comissão Justiça e Paz e o fortalecimento dos Centros Sociais da Arquidiocese.

Independente de crenças e denominações religiosas é inegável o legado deixado pelo arcebispo emérito de Porto Velho. Fica o lamento de toda a magistratura de Rondônia que torna pública a sua solidariedade e presta seus pêsames aos amigos, familiares e a comunidade católica do Estado para superar a dor por essa perda irreparável. Nossas condolências, respeito e homenagens.

 

Porto Velho, 18 de junho de 2019

 

 

Alexandre Miguel

Presidente da Ameron

Fonte: Marco Sales - Assessoria de Comunicação - Ameron

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias