Sexta-Feira, 14 de Junho de 2019 - 10:10 (Colaboradores)

L
LIVRE

NEPOTISMO: DEPUTADO ESTADUAL EZEQUIEL NEIVA TEM ESPOSA, IRMÃO E NORA PORTARIADOS NA ALE

Sem contar o salário do deputado, "a renda familiar" dos parentes do deputado, somente com os proventos da ALE, ultrapassam a cifra de 24 mil reais.


Imprimir página

Um internauta do VILHENA NOTÍCIAS que pediu sigilo de fonte, divulgou à reportagem que o deputado estadual Ezequiel Neiva (PTB) mantem sua esposa Simone Silva de Souza Neiva, seu irmão Oziel Neiva de Carvalho e sua nora Paola Ferreira da Silva de Souza Neiva lotados dentro da Assembleia Legislativa de Rondônia.

Simone, esposa do deputado, está lotada na diretoria pedagogia da escola do legislativo. Simone é concursada como professora classe C pelo estado de Rondônia, categoria que em média recebe R$ 2.500,00. Porém, dentro da ALE Simone está cedida pelo governo, recebendo mais de R$ 5.000,00 de função gratificada, mais seu salário normal de professora, perfazendo o total de R$ 7.851,00.

Oziel Neiva, irmão do deputado, faz parte do setor de segurança institucional e recebe apenas R$ 1.560,00 de salário.

Já Paola Silva de Souza Neiva, nora do deputado do Cone sul de RO, recebe cerca de R$ 5.765,00, para exercer a função de chefia de gabinete da advocacia geral da ALE. Paola faz parte do quadro de comissionados desde abril de 2015.

NEPOTISMO

O deputado, que completará 50 anos de idade neste mês de junho, está infringindo a súmula vinculante Nº 013/2010 do STF, que caracteriza como nepotismo as contratações da esposa(o)/companheira(o), filho(a), pai, mãe, avô(ó), neto(a), bisavô(ó), bisneto(a), irmão(ã), tio(a), sobrinho(a), sogro(a) e seus respectivos pais e avós, enteados e seus respectivos netos e bisnetos, cunhado(a), genro, nora, cônjuge do tio(a), irmã(ã) e sobrinho(a), da autoridade nomeante ou do servidor.

Ezequiel Neiva foi eleito deputado estadual em outubro de 2018 com 11.257 votos, sendo o Cone sul seu reduto eleitoral, onde conseguiu 6.040 sufrágios.

O VILHENA NOTÍCIAS tentou contato com a assessoria do deputado em Vilhena, mas não obteve resposta até o momento.

Veja as informações do portal da transparência da ALE:

Fonte: Carlos Caldeira - NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias