Quarta-Feira, 25 de Março de 2020 - 18:42 (Política)

L
LIVRE

NAZIF QUER SABER: ‘SERÁ QUE O PRESIDENTE PIROU?’

azif que foi prefeito de Porto Velho e é médico de carreira, repudiou o pronunciamento oficial e sugeriu até que o presidente fosse analisado pelos médicos.


Imprimir página

Por Wanglézio Braga
Da Redação do News Rondônia

“Será que o presidente pirou, será?”. O questionamento é do deputado federal, Mauro Nazif (PSB) ao falar com seus seguidores na noite de ontem (24) após a mensagem à nação, em cadeia nacional, do presidente Jair Bolsonaro (SEM PARTIDO). Nazif que foi prefeito de Porto Velho e é médico de carreira, repudiou o pronunciamento oficial e sugeriu até que o presidente fosse analisado pelos médicos.

“Não posso acreditar que ele menosprezou as orientações dos governos e das prefeituras para minimizar o problema, para que possa em tamanha dificuldade estão fazendo com que as populações locais não sofram, onde as igrejas todas se unindo em oração e em orientação para que as pessoas se mantenham protegidas dentro de casa. Não faça isso com a população, presidente!”, disparou Nazif.

Em seguida, também na mensagem as seus seguidores, o deputado federal rechaçou que “eu não sei o que está acontecendo com o nosso presidente. Será que ele pirou, será? Ele deve passar por uma junta! Nada dá para entender! Presidente, tenha respeito para com a população! É o que o povo espera”.

Nessa terça-feira, Bolsonaro pediu a "volta à normalidade", o fim do "confinamento em massa" e disse que os meios de comunicação espalharam "pavor". O presidente também criticou o fechamento das escolas, atacou governadores.

O presidente afirmou que desde o início da crise o governo tem se preocupado em conter o “pânico e a histeria”, e voltou a minimizar a gravidade da doença ao compara-la a uma “gripezinha” ou “resfriadinho”.

Assim com Mauro Nazif, outras lideranças políticas de Rondônia com mandato também reprovaram a mensagem do presidente. 

Fonte: News Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias