Sabado, 20 de Abril de 2019 - 16:38 (Geral)

L
LIVRE

MC KORINGA E CAROL SAMPAIO SE CONSOLAM NO VELÓRIO DE MC SAPÃO: 'ERA EXEMPLO'

MC Sapão foi velado no cemitério da Penitência, no Caju, Zona Portuária do Rio de Janeiro neste sábado (20). MC Koringa e Carol Sampaio choraram abraçados a perda do funkeiro de 40 anos vítima de complicações de pneumonia após ficar 9 dias internado. 'Ele estava todo feliz por participar. Seria a primeira vez dele no Palco Sunset. E aí veio essa triste surpresa', lamentou Buchecha


Imprimir página

Carol Sampaio, MC Marcinho, MC Koringa e Buchecha foram alguns dos artistas que velaram o corpo de MC Sapão, no cemitério da Penitência, no Caju, Zona Portuária do Rio de Janeiro. O cantor morreu aos 40 anos em decorrência de complicações de um pneumonia após ficar nove dias internado. Essa foi mais uma baixa no mundo do funk, que perdeu em 2018 Mr. Catra por conta de um câncer no estômago.

Em conversa com a imprensa, MC Marcinho lamentou a perda do colega de profissão, cujo nome verdadeiro era Jefferson Fernandes Luiz. "A gente está sempre se cruzando, se encontrando. Aí acontece uma coisa assim é uma tragédia, não só para o funk mas para nós que somos amigos. É um sinal para a gente possa se cuidar um pouco mais", iniciou. "Onde ele chegava contagiava todo lugar... É difícil saber que a gente não vai poder mais se encontrar. Meus sentimentos para a família, são quatro filhos", concluiu o funkeiro, se referindo a Pedro, de 15 anos, Kevin de 12, Odara, 10, e Brisa, de sete anos, frutos do casamento com Alessandra Fernandes.

Buchecha acredita na recuperação de Sapão: 'Era forte'

Já o parceiro de palco de Claudinho (morto em 2002 após acidente de carro) recordou que MC Sapão, dono do hit "Eu Vou Desafiar Você", estaria no Rock in Rio neste ano. "Ele estava todo feliz por participar. Seria a primeira vez dele no Palco Sunset. E aí veio essa triste surpresa. Eu estava com ele no hospital na semana passada, oramos juntos, e saí de lá com a expectativa de que ele iria melhorar. Ele era um cara forte, estava fazendo exercícios, mudou a alimentação. Também serve de alerta para nós que começamos a cantar cedo, tivemos noites mal dormidas, descuidos com a alimentação", lamentou Buchecha.

MC Koringa foi outro a não segurar as lágrimas no velório do artista. "Sapão, com sua alegria e voz, entrou com o funk pela porta da frente das casas das famílias brasileiras. Ele é um exemplo para todos nós e para essa rapaziada da periferia", apontou. "Hoje vai ser difícil. Peço a Deus força para que eu o represente bem", pediu o funkeiro, consolado por Carol.

Meio artístico perdeu outros nomes em 2019

Ainda no campo musical, o Brasil perdeu Deise Cipriano, integrante do Fat Family, em 12 de fevereiro. A cantora enfrentava um câncer. Já complicações de uma infecção urinária mataram Wagner Montes no final de janeiro e dias após Caio Junqueira não resistir a um grave acidente de carro.

(Por Guilherme Guidorizzi)

Fonte: terra.com.br

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias