Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019 - 18:04 (Política)

L
LIVRE

MAIS MÉDICOS: SILVIA CRISTINA PEDE MAIS MÉDICOS PARA ATENDER A POPULAÇÃO

O secretário de Gestão Estratégica e participativa do Ministério da Saúde do Brasil, Erno Harzheim garantiu para a deputada que até o início de maio um novo edital será lançado para suprir está necessidade.


Imprimir página

Na manhã desta segunda-feira (15), a deputada federal Silvia Cristina (PDT) participou de uma Audiência para Discutir a Situação do Programa Mais Médicos no Estado de Rondônia com o secretário de Gestão Estratégica e participativa do Ministério da Saúde do Brasil, Erno Harzheim, técnica da ASPAS, Rafaela Calado e chefe de gabinete substituto da SGEP, Thiago DallAgnol.

"Na audiência cobrei a contratação de novos médicos para suprir as necessidades de Rondônia. O deficit de Rondônia é de 50 médicos e este número representa mais agilidade do atendimento da Saúde, especialmente na atenção básica e saúde indígena em localidades de difícil acesso", afirmou a deputada.

O secretário de Gestão Estratégica e participativa do Ministério da Saúde do Brasil, Erno Harzheim garantiu para a deputada que até o início de maio um novo edital será lançado para suprir está necessidade."Fomos bem atendidos e ficamos contentes com o resultado da audiência", ressaltou Silvia Cristina (PDT).

PROGRAMA

O Programa Mais Médicos (PMM) é parte de um amplo esforço do Governo Federal, com apoio de estados e municípios, para a melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Além de levar mais médicos para regiões onde há escassez ou ausência desses profissionais, o programa prevê, ainda, mais investimentos para construção, reforma e ampliação de Unidades Básicas de Saúde (UBS), além de novas vagas de graduação, e residência médica para qualificar a formação desses profissionais.

"O Programa Mais Médicos busca resolver a questão emergencial do atendimento básico ao cidadão, mas também cria condições para continuar a garantir um atendimento qualificado no futuro para aqueles que acessam cotidianamente o SUS", informou a deputada.

Fonte: Assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias