Segunda-Feira, 27 de Maio de 2019 - 11:55 (Agronegocios)

L
LIVRE

MAIS DE 500 EXPOSITORES E MOVIMENTO DE NEGÓCIOS ATRAÍRAM GRANDE PÚBLICO AO 8º RONDÔNIA RURAL SHOW

A estimativa dos organizadores é de uma movimentação de negócios de mais de R$ 700 milhões de reais, ao longo de quatro dias de evento.


Imprimir página

A maior feira de agronegócios da região Norte, a Rondônia Rural Show, chegou à oitava edição. A feira internacional, realizada em Ji-Paraná atraiu um público estimado de mais de 120 mil pessoas, entre os dias 22 e 25 de maio. Visitantes de todo o estado e até de outros países, em busca de negócios, lazer, compras e outras atrações. São 532 espaços, stands de expositores, empresas e atrativos. De maquinário pesado, passando por lojas agropecuárias, vitrines tecnológicas, praça de alimentação, stands de entidades como Sebrae, Emater, Seagri e outros, que fomentam negócios e a economia do estado, foi possível encontrar um mix de serviços e atrações na feira. A estimativa dos organizadores é de uma movimentação de negócios de mais de R$ 700 milhões de reais, ao longo de quatro dias de evento.

A prefeitura de Cacoal esteve representada por seis agroindústrias locais, todas do ramo de alimentos. A Da Hora Alimentos, It Polpas, Cachaças Lorenzon, Cachaça João Simão, Pérola da Amazônia e a empresa Yogo Milk. Além de empresas de café, com destaque para a empresa Café Nova Era, que faz parte dos cafés da marca “Matas de Rondônia”, reconhecidos pela qualidade e requinte.

A prefeita Glaucione Rodrigues lembrou que o maior potencial de Cacoal e do estado está na agricultura. “Somos um estado agrícola, e Cacoal tem pequenas agroindústrias que dão a base da economia. E para isso contamos com apoio constante do Sebrae, o maior parceiro do município, que promove a melhora do produto oferecido por meio de investimentos e qualificação”, analisou.

O deputado Cirone Deiró, presidente da Comissão de Agricultura no estado, lembrou que tem feito um trabalho constante pelo homem do campo, atuando em defesa dos agricultores do setor da cadeia produtiva do leite e outros produtos importantes para o estado. Segundo ele é preciso que os órgãos que trabalham com tecnologia e fomento à produção deem atenção e incentivo ao produtor rural. “Temos cobrado apoio ao pequeno produtor, para que o estado avance”, disse.

Outro segmento que está em expansão, e cada vez mais organizado, é o turismo. Com belas cidades, natureza exuberante e muitos atrativos culturais, os municípios de Rondônia começam a profissionalizar o setor, buscando no turismo uma nova fonte de crescimento e expansão. No stand da Secretaria de Turismo o Superintendente da Setur, Gilvan Pereira, elogiou o avanço de Cacoal neste segmento. “Cacoal foi o primeiro município a entregar o plano de regionalização do turismo de Rondônia. O município é referência com parques ecológicos, a cultura do café e muitos outros atrativos”, analisou.

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias