Quinta-Feira, 13 de Junho de 2019 - 17:26 (Colaboradores)

L
LIVRE

LENHA NA FOGUEIRA: HOJE COMEMORAMOS O DIA DE SANTO ANTÔNIO, CONSIDERADO COMO SANTO CASAMENTEIRO

Com certeza os fiéis devotos do Santo irão fazer seus pedidos ou agradecimentos de seus sonhos e glórias alcançadas durante o dia de hoje, na igrejinha que fica na Vila que leva o nome do santo.


Imprimir página

Hoje comemoramos o dia de Santo Antônio, considerado como Santo Casamenteiro.

Com certeza os fiéis devotos do Santo irão fazer seus pedidos ou agradecimentos de seus sonhos e glórias alcançadas durante o dia de hoje, na igrejinha que fica na Vila que leva o nome do santo.

A Igrejinha de Santo Antônio foi inaugurada no ano de 1913 do século passado, portanto, é uma das mais antigas construções religiosas da região Amazônica.

A festa começa com a carreata (procissão) que vai sair do Santuário de Nossa Senhora de Fátima no bairro do Areal, por volta das 16 horas.

O advogado e agitador cultural Paulinho Rodrigues também conhecido como o Amo de Tracoá. Ao ler nossa coluna de ontem confundiu alho com bugalho.

Aí Paulinho Rodrigues acho, não prestou a devida atenção ao que eu escrevi e solicitou espaço para se manifestar em nome do Movimento Pacultura.

Em nota publicada hoje – 11/06/2019 – no site silviozekatraca.blogspot.com foi apontada com decepcionante a falta de frequência em uma reunião marcada para acontecer na Praça das Três Caixas D'agua para discutir o Sistema Municipal de Cultura.

Há na constatação certo equívoco, pois a afirmação cria uma generalização quanto a referida reunião, dado que na realidade ocorreram reuniões de diversas setoriais entre sábado e quarta onde cada uma debateu seu plano municipal de setorial para que doravante seja composto o novo Plano Municipal de Cultura.

Dado que as reuniões foram todas convocadas com certo caráter de urgência, nenhuma setorial teve de fato tempo hábil para uma convocação que pudesse promover uma maior mobilização, ainda assim aconteceram reuniões das setoriais de teatro, cultura popular, música, artes visuais e acontecerá também a de dança, visando essa mobilização para revisar os planos já criados por cada setorial para que estes constituam o novo Plano Municipal de Cultura.

Tal mobilização, longe de ser uma decepção, foram reuniões que atingiram seu objetivo de estabelecer as etapas iniciais da composição do novo Plano Municipal de Cultura.

Além dessas reuniões que foram convocadas em caráter extraordinário, já há quatro meses, ocorrem semanalmente às reuniões do Movimento Pacultura, que tem provocado junto ao Conselho Municipal de Cultura, o poder público para que sejam efetivadas e colocadas em prática as políticas públicas municipais, as reuniões das setoriais descritas anteriormente não são eventos isolados, constituem-se de uma consequência do embate que o Movimento Pacultura tem realizado no âmbito das políticas públicas do município.

As reuniões têm ocorrido na Praça das Três Caixas D'agua, atualmente nas segundas feiras às 19h, são reuniões abertas e convocam os trabalhadores da cultura do município para compor esse movimento que articula de forma horizontal as ações para o embate com o poder público, visando a regularização, estabelecimento e efetivação das políticas públicas do município de Porto Velho, que é signatário do Sistema Nacional de Cultura e possui um Fundo de Cultura que não está sendo posto em prática.

Como parte da estratégia de ação, o Movimento atua em conjunto com o Conselho Municipal de Cultura e recentemente com a Fundação Cultural do município, para trabalhar essas questões visando o cumprimento da lei já estabelecida, o que certamente promoverá uma maior base para o desenvolvimento cultural do município, contribuindo assim também para a própria economia da cidade além de promover uma maior amplitude das ações culturais de Porto Velho.

Fonte: 015 - Silvio Santos / NewsRondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias