Quinta-Feira, 26 de Março de 2020 - 08:25 (Colaboradores)

L
LIVRE

LENHA NA FOGUEIRA: HIRAN BRITO ERA CONHECIDO COMO O BALUARTE

Baluarte em especial da escola de samba Pobres do Caiari. Não existiu e não existe até hoje, quem defenda a escola Caiari como o Hiran.


Imprimir página

Poxa vida, como é triste perder um amigo tão querido e admirado, como o Hiran Brito Mendes, ainda mais quando esse amigo fez tanto pela cultura do nosso estado.

Não é à toa que o Hiran era conhecido como O BALUARTE.

Baluarte em especial da escola de samba Pobres do Caiari. Não existiu e não existe até hoje, quem defenda a escola Caiari como o Hiran.

Além das suas investidas contra a turma da rival Diplomatas do Samba em especial, os enfrentamentos com o Leônidas.

Quando o Flodoaldinho era o presidente da Pobres do Caiari, resolveu contar a história do Jacques Cousteau aquele navegador pesquisador, que transformou nosso Boto Vermelho em Cor de Rosa. O concurso de samba enredo foi realizado e quem ganhou foi a parceria Silvio Santos e Babá.

Já em janeiro, Flodoaldinho convida o Hiran para uma conversa e informa que a escola não tem dinheiro para colocar o enredo sobre Jacques Cousteau

Hiran correu para a TV Rondônia e praticamente invadiu o estúdio onde estava, sendo apresentado o Jornal de Rondônia e pediu para fazer uma convocação, no que foi atendido.

Hiran então convocou todos os integrantes da escola de samba, para uma reunião as 19 horas, no espaço que hoje é conhecido como Praça das Caixas D'água e naquele tempo servia de local de ensaio da escola de samba.

O bairro do Caiari em peso compareceu à reunião e o Hiran anunciou que a escola não iria SAIR por falta de recursos.

Foi um chororô total. Naquele momento, o José Carlos Lobo pediu a palavra e sugeriu que escolhêssemos um novo ENREDO mais barato e então o Flávio Daniel sugeriu o Tema: "Das Loucuras da Vida à Ilusão do Carnaval", tema que contou com a participação do Jader.

Em votação foi aprovado por humanidade e o que foi melhor, todos da escola e moradores do Caiaria se comprometeram a ajudar.

Hiran então convocou a dupla de compositores Silvio e Babá e os incumbiu de fazer o samba, já que haviam vencido o concurso do enredo do Cousteau.

Resultado, em menos de 15 dias, a escola ficou toda pronta: Fantasias, Alegorias e Adereços e o resultado foi que o título daquele carnaval, foi vencido pela Caiari.  Graças ao Hiran Brito Mendes.

Sabe quem foi o principal responsável pela construção do Barracão da Caiari? Hiran Brito Mendes.

O título em comemoração aos 25 anos da Caiari quando o Manelão era o presidente, foi de responsabilidade do Hiran Brito Mendes – O Baluarte.

Quando fui presidente da FESEC no início dos anos 2000, convidei e o HIRAN aceitou, ser o Coordenador da Comissão de Jurados das escolas de samba. Até hoje a turma elogia o Hiran pela lisura do resultado.

Hiran Brito Mendes jamais será esquecido no mundo carnavalesco das escolas de samba de Porto Velho.

Descasa em PAZ meu amigo HIRAN BRITO MENDES – BALUARTE!

Fonte: 015 - Silvio Santos/NewsRondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias