Segunda-Feira, 13 de Janeiro de 2020 - 15:17 (Colaboradores)

L
LIVRE

LENHA NA FOGUEIRA: DESFILES DAS ESCOLAS DE SAMBA FILIADAS

Nesta terça-feira 14, a prefeitura de Porto Velho via Funcultural pública o Edital de Chamamento Público que abre inscrição para a participação nos desfiles das escolas de samba filiadas à Fesec


Imprimir página

Nesta terça-feira 14, a prefeitura de Porto Velho via Funcultural pública o Edital de Chamamento Público que abre inscrição para a participação nos desfiles das escolas de samba filiadas à Fesec que de início, estão marcados para acontecer no dia 29 de fevereiro.

Na realidade, o Edital é destinado às Escolas de Samba filiadas à Fesec que devem se inscrever apresentando a documentação em dia, para poder fazer jus, aos subsídios que por acaso, serão repassados pela prefeitura.

As escolas que fazem parte da Fesec são: Os Diplomatas do Samba, Império do Samba, Asfaltão, Unidos da Rádio Farol, Acadêmicos do Armário Grande e Acadêmicos do São João Batista e a caçula Acadêmicos da Zona Leste.

Os dirigentes dessas escolas, mais a equipe da Funcultural, precisam convencer o presidente da Câmara de Vereadores Edwilson Negreiros a convencer o prefeito Hildon Chaves a repassar parte do dinheiro que foi devolvido pela Câmara, sobra do orçamento de 2019.

Isso precisa acontecer no máximo até o dia 29 deste mês, um mês antes do dia marcado para os desfiles. Vamos ficar torcendo para o prefeito concordar e fazer o repasse o mais rápido possível.

Enquanto isso as escolas Asfaltão e São João Batista se preparam para o que der e vier.

Dia 25 deste mês, Asfaltão faz a festa de lançamento oficial do Samba Enredo Triângulo – O Braço do Violão no Carnaval do Asfaltão. A festa vai acontecer no Campo 1º de Maio no Morro do Triângulo a partir das 15 horas.

A São João Batista está divulgando a festa de lançamento do seu samba, para o dia 1º de fevereiro, durante feijoada que será servida na sede do Parque dos Tanques com entrada pela estrada do Nacional. Na realidade, será a inauguração da nova sede da azul e branco.

Ontem participei da abertura oficial do carnaval do Rio de Janeiro, (serão 50 dias) na praia de Copacabana. Mais de 300 mil pessoas, marcaram presença na festa que elegeu a Corte do Rei Momo Carioca e contou com o desfile do bloco "A Favorita" e apresentação de vários artistas como Preta Gil e Sandra de Sá.

O espetáculo de samba foi dos melhores, a Bateria que tocou para as candidatas a rainha e princesas e Rei Momo foi show, a sonorização nem se fala, a gente distinguia até  o som de um papelim (seda). Que sonho contar com um som daquele em Porto Velho.

A 'canabis' foi a principal fantasia de muitos foliões, uma coisa de louco, o perfume tomou conta de parte da praia em frente ao Copacabana Palace Hotel. Pelo menos no Rio de Janeiro, o negócio, parece, está liberado, pois, o ambiente estava repleto de policiais e ninguém foi abordado por estar fumando o 'capetinha'.

A nota triste foi a confusão generalizada que aconteceu muito após o encerramento da festa. Ainda bem que eu e a Ana e sobrinhos já tínhamos ido embora.

O bom foi que quando já estávamos chegando em casa, nos deparamos com o ensaio do Bloco do Centro nas proximidades da Praça da Cruz Vermelha na Lapa, tocando marchinhas do carnaval tradicional.

Melhor ainda, foi que o encerramento foi com a trupe da Bateria da da Escola de Samba Estácio Sá, com Rainha e tudo e um dos interpretes do Samba Enredo. Um show de deixar a nossa Pura Raça de queixo caído.

Minha sambista preferida Ana Célia Santos, foi show sambando com a Rainha da Bateria da 1ª Escola de Samba do Brasil (pena que o burro aqui, pensou que estava filmando quando na realidade, não registrou nada). Não é falácia não, a diretora de harmonia da vermelho e branca gostou de montão da performance da minha querida Ana. Pense no orgulho.

Vamos continuar curtindo esse calor com sensação térmica de 50º uma loucura o Rio de Janeiro.

Fonte: 015 - Silvio Santos/NewsRondonia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias