Quarta-Feira, 12 de Fevereiro de 2020 - 10:42 (MINHA HISTÓRIA)

L
LIVRE

JOVEM QUE SE TORNOU CADEIRANTE APÓS SER ATROPELADA POR MOTORISTA BÊBADO CRIA CANAL NO YOUTUBE E EMOCIONA INTERNAUTAS

Bancária disse que precisou lidar com a “pena das pessoas”, que a fazia se sentir inferior


Imprimir página

Em entrevista na manhã desta quarta-feira, 12, a bancária Debora Barros da Silva Rocha, que criou um canal no Youtube para mostrar como é sua rotina de cadeirante. A jovem de 26 anos foi protagonista de um episódio dramático ainda adolescente, quando perdeu o movimento das pernas.

Vítima da irresponsabilidade de um motorista bêbado, Debora só não morreu porque populares cercaram carro que a havia atropelado junto com o namorado na época e a resgataram, antes que ela continuasse sendo arrastada pelo veículo. O acidente aconteceu em 2009, num dos trechos mais movimentados da BR 174, em Vilhena.

A jovem disse ao site que sua principal dificuldade inicial, após a tragédia, foi lidar com “a pena das pessoas”, que a fazia se sentir inferior. Superada esta barreira pessoal e psicológica, ela passou a lidar com o problema da acessibilidade, que atinge várias pessoas na mesma condição na cidade.

Debora levou quase dois anos para levar à justiça o motorista que a atingiu, após perceber que ele não tomava a iniciativa de ajudar a minimizar a desgraça que havia causado. Após anos tramitando, o processo teve desfecho, o valor arbitrado não foi divulgado pela vítima, que passou por várias cirurgias.

Clique abaixo e assista o vídeo de estreia de Debora no canal virtual

Fonte: 015 - folha do Sul Online

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias