Quarta-Feira, 03 de Julho de 2019 - 16:15 (Tecnologia)

L
LIVRE

INFOVIA DE RONDÔNIA RECEBERÁ APOIO DO MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA PARA AMPLIAÇÃO E REGULAMENTAÇÃO

O histórico da Infovia de Rondônia foi exposto pelo governador Marcos Rocha que enumerou os benefícios e economias, que a infraestrutura proporciona.


Imprimir página

Detalhes legais sobre a regulamentação da Infovia de Rondônia e a possibilidade de ampliar a rede de fibra ótica estadual foram discutidos, nessa terça-feira (2), no Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), durante reunião entre o governador de Rondônia, Marcos Rocha, o senador Confúcio Moura, o presidente da Telebrás, Waldemar Gonçalves, o secretário executivo do ministério, Julio Semeghini e sua equipe.

O histórico da Infovia de Rondônia foi exposto pelo governador Marcos Rocha que enumerou os benefícios e economias, que a infraestrutura proporciona. “Temos utilizado a Infovia há anos. Gradativamente os serviços públicos vão sendo alcançados por uma internet de mais qualidade. Hoje teríamos um custo extraordinário se não contássemos com esta malha de rede”, afirmou.

O secretário de Telecomunicações do MCTIC, Vitor Elísio Meneses falou ao governador que há mais possibilidades de avançar na utilização da Infovia. Segundo ele, há um projeto de implementação de cabos de fibra ótica subfluviais que traz mais estabilidade à infraestrutura rondoniense. “Podemos instalar fibra ótica pelos rios que farão a redundância na conexão de modo que se houver alguma perda de serviço pelo cabeamento já instalado nas redes de energia, o subfluvial assume e mantem o serviço do Estado”, explicou.

Elísio ainda ressaltou que há um satélite que atende à região Norte e pode potencializar o sinal de internet em várias áreas de Rondônia. “Isso é excelente, pois um visitante de pontos turísticos locais poderão por exemplo, facilmente registrar fotos e encaminhar para qualquer pessoa”, comemorou o governador.

O senador Confúcio Moura ressaltou que há detalhes na lei de criação da Infovia que ainda estão pendentes e solicitou que o Ministério atue, no intuito de concluir a legalidade da rede. Para ele, o Estado ainda pode avançar mais na segurança pública, educação, saúde e prestação de serviço aumentando o uso da Infovia. “Com a infraestrutura, o Estado fica transparente, ágil, barato e eletrônico”, disse.

Meneghini se prontificou e à sua equipe para analisar e atuar em conjunto com a Diretoria Executiva de Tecnologia da Informação e Comunicação de Rondônia (Detic), no intuito de alinhar todos os detalhes normativos da Infovia. Também participaram da reunião secretário-chefe da Casa Militar, coronel Valdemir Góes e a Superintendente de Integração do Estado de Rondônia em Brasília, Leandra Dal Bello.

Fonte: 015 - Secom - Governo de Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias