Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019 - 17:21 (Geral)

L
LIVRE

INCLUSÃO - VIGILÂNCIA SANITÁRIA TEM PARCERIA PARA INCLUSÃO PRODUTIVA

Reunião do Comitê foi realizada nesta quinta-feira (5)


Imprimir página

Programa para Inclusão Produtiva e Segurança Sanitária (PRAISSAN), com desenvolvimento nas três esferas de governo, busca estender as ações de vigilância sanitária às crescentes relações de consumo que se estabelecem em torno dos produtos e serviços oriundos do microempreendedorismo.

O PRAISSAN tem por objetivo aperfeiçoar o trabalho realizado pelo Sistema Nacional de Vigilância Sanitária (SNVS) junto aos microempreendedores individuais (MEI), empreendimentos familiares rurais (EFR) e empreendimentos econômicos solidários (EES), contribuindo, entre outras coisas, para a melhoria das condições sanitárias dos produtos e serviços ofertados por esses atores.

O Sebrae em Rondônia participa como parceiro do PRAISSAN, coordenado pela Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), apoia e participa dessa iniciativa com os analistas Desóstenes Nascimento da unidade de políticas públicas e Wagner Sá, da unidade de atendimento, integram e fazem parte do comitê interinstitucional do programa. Ao término da reunião realizada na sede da Agevisa em 5 de dezembro, Desóstenes explicou que “os integrantes do comitê devem atuar e contribuir com as diferentes expertises praticadas em suas instituições, e se cooperarem, para fortalecer o modelo de atuação do PRAISSAN. O Sebrae atua no apoio à regularização das empresas, além de orientar sobre gestão dos empreendimentos, enquanto os demais parceiros poderão apoiar os empreendimentos de acordo com suas aptidões para estabelecer critérios que regularizem as atividades das cadeias produtivas”.

Para saber mais sobre as ações do Sebrae ou se inscrever nos cursos, acesse o site www.sebrae.ro ou ligue gratuitamente para 0800 570 0800. Você também pode acessar o Sebrae pelo WhatsApp, (69) 981305656, InstagramFacebookTwitterLinkedIn e YouTube nos canais Sebrae RO

Fonte: 010 - assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias