Segunda-Feira, 20 de Abril de 2020 - 15:38 (Coronavírus)

L
LIVRE

IDOSO DE 67 ANOS É A PRIMEIRA VÍTIMA DE CORONAVÍRUS EM COBIJA, FRONTEIRA COM O ACRE

Em toda a Bolívia, até o último sábado, existem 520 casos positivos, 3403 casos descartados, 32 mortes.


Imprimir página

Por Wanglézio Braga
Da Redação do News Rondônia

Morreu no último sábado (18), a primeira vítima fatal por Covid-19 na capital do Departamento de Pando, Cobija, na Bolívia. Um senhor de 67 anos que testou positivo para a doença no dia 17 de março. Ele havia desembarcado em Cobija após voo da cidade de El Alto, em La Paz. Segundo o governo boliviano, o idoso vinha cumprindo quarentena, mas teve piora em seu grau de infecção e morreu ao dar entrada no Hospital Pérola do Acre, referência naquela cidade para casos do novo coronavírus.

“Era um paciente que tinha pressão alta, índice de massa corporal elevado. Nós fizemos os procedimentos necessários, mais infelizmente não tivemos como salvá-lo. Estamos seguindo os protocolos de manejo do cadáver que será enterrado no cemitério local (...) Esperamos que esse seja o único caso fatal em nossa cidade. Não vamos subestimar essa doença. Sei que muitos estão seguindo as orientações de saúde, mas ainda há outros que estão fazendo pouco. Lavem as mãos, usem máscaras, evitem aglomerações mesmo que você goze de boa saúde”, informou o diretor do Hospital.

O departamento de Saúde de Pando informou à imprensa que existem 11 casos positivos, alguns estão assintomáticos, 62 casos descartados, cinco pacientes estão curados da doença. Em toda a Bolívia, até o último sábado, existem 520 casos positivos, 3403 casos descartados, 32 mortes.

Vale lembrar que Cobija faz fronteira com as cidades de Brasileia e Epitaciolândia, no Acre. Apesar das regras pesadas e bastante duras para o cumprimento da quarentena, a cidade vem registrando grande índice de infecção de Covid-19. 

Fonte: News Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias